sábado, 27 de novembro de 2010

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO - PCES

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO - PCES
O DELEGADO-CHEFE DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO (PC/ES), considerando a Lei Estadual nº 3.400, de 14 de janeiro de 1981, e suas alterações, a Lei Estadual nº 6.095, de 20 de janeiro de 2000, a Lei Complementar Estadual nº 46, de 10 de janeiro de 1994, e suas alterações, especialmente a Lei Complementar Estadual nº 65, de 17 de julho de 1995, a Lei Complementar Estadual nº 185, de 26 de julho de 2000, o Decreto Estadual nº 2.964-N, de 20 de março de 1990, e suas alterações, a Lei Complementar nº 4, de 17 de janeiro de 1990, a Lei Complementar nº 18, de 18 de janeiro de 1992, Decreto nº 3544-N, de 17 de junho de 1993, a Lei Complementar nº 56 de 28 de dezembro de 1994, a Lei Complementar nº 422, de 6 de dezembro de 2007, a Lei nº 4997 de 16 de dezembro de 1994, o Decreto nº 3.869-N, de 14 de julho de 1995, a Lei Estadual nº 7.385, de 6 de dezembro de 2002, a Lei Complementar nº 552, de 5 de maio de 2010, torna pública a realização de concurso público para provimento de 169 (cento e sessenta e nove)vagas em cargos de nível superior de Delegado de Polícia Substituto, de Escrivão de Polícia, de Médico Legista, de Perito Criminal, de Perito Criminal Especial, de Perito em Telecomunicação, de perito Papiloscópico e 23 (vinte e três) vagas em cargo de nível médio de Auxiliar de Perícia Médico-Legal, do Quadro da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo

Cargo
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto
Escrivão de Polícia
Médico Legista
Perito Criminal
Perito Criminal Especial
Perito em Telecomunicação
Perito Papiloscópico
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal

Vagas
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto: 39 vagas
Escrivão de Polícia: 60 vagas
Médico Legista: 2 vagas
Perito Criminal: 20 vagas
Perito Criminal Especial: 6 vagas
Perito em Telecomunicação: 2 vagas
Perito Papiloscópico: 40 vagas
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal: 23 vagas

Remuneração
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto: R$ 6.961,81
Escrivão de Polícia: R$ 3.537,37
Médico Legista: R$ 3.537,37
Perito Criminal: R$ 3.537,37
Perito Criminal Especial: R$ 3.537,37
Perito em Telecomunicação: R$ 3.537,37
Perito Papiloscópico: R$ 3.537,37
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal: R$ 2.510,51

Inscrições
Taxa:Nível superior: R$ 130,00 (cento e trinta reais)
Nível médio: R$ 90,00 (noventa reais)


Horário:Será admitida a inscrição somente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 8 de novembro de 2010 e 23 horas e 59 minutos do dia 28 de novembro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF


Inscrição online
Segurança do Processo de Inscrição

Página de Acompanhamento

Alteração de dados pessoais,
Alteração/reimpressão de dados de pagamento,
Andamento do processo e
Obtenção do comprovante de inscrição



ACESSO A LINKS


EDITAIS, COMUNICADOS E INFORMAÇÕES

16/11/10 Edital n°5 - Retificação no subitem 14.2 do Edital n° 1.
12/11/10 Comunicado - Devolução de taxa
12/11/10 Edital n° 4 - Exclusão do processo seletivo das 15 vagas para o cargo do Perito em Fotografia Criminal
05/11/10 Edital n° 3 - Retificação nos subitens 14.1.3, 14.4.1 e 16.3 do Edital n° 1
03/11/10 Edital n° 2 - Retificação do subitem 9.11.2.4, subitem 9.12.1.4 e subitem 9.13.1.5
29/10/10 Edital n° 1 - Abertura

A Fundação para o Desenvolvimento da UNESP – FUNDUNESP

1
PROCESSO SELETIVO Nº 04/2010
(Regulamento de Abertura de Inscrições)
A Fundação para o Desenvolvimento da UNESP – FUNDUNESP, faz saber que se encontram abertas
inscrições de Processo Seletivo para o emprego de Motorista, para prestação de serviços, mediante
contratação, no Centro de Rádio e Televisão Cultural e Educativo – Televisão Universitária da Universidade
Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Bauru, sob organização e aplicação da Fundação para o
Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. O Processo
Seletivo será regido pelas Instruções Especiais, parte integrante deste Regulamento.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I – DO EMPREGO
1. O Processo Seletivo destina-se ao preenchimento, mediante contratação, do emprego de Motorista, com
vagas existentes e das que vierem a existir dentro do prazo de sua validade.
2. O emprego, número de vaga, salário e requisitos exigidos são os estabelecidos na tabela que segue:
Emprego Nº de Vaga Salário (R$) Requisitos
Motorista 01 1.655,90
- Ensino Fundamental Completo
- CNH categoria “D” (na data da prova prática)
- Experiência de 06 meses na função
3. O salário do emprego, em jornada completa de trabalho - 40 horas semanais, tem como base o mês de
novembro de 2010.

Tribunal de Justiça-SP - Escrevente (Campinas e Guarulhos) - Inscrições de 6/12/10 a 5/1/2011

Disponibilização: Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010 Diário da Justiça Eletrônico – Caderno Administrativo São Paulo, Ano IV - Edição 839
Subseção VII - Editais e Recursos de Concursos/Provas Seletivas
EDITAL DE ABERTURA
O Desembargador ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, considerando o contrato celebrado com a Fundação para o Vestibular da UNESP - VUNESP e os termos do Regulamento Interno dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, FAZ SABER que autorizou a abertura de concurso público para o cargo de ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO, referência “5”, grau “A”, Nível I da Escala de Vencimentos - Cargos Efetivos - Jornada de Trabalho de 40 horas semanais do SQC - III (LC 1111/2010), do Quadro do Tribunal de Justiça, nas Comarcas e Foros Distritais pertencentes às Circunscrições Judiciárias abaixo relacionadas, ficando designados os MM. Juízes de Direito Diretores dos Fóruns das Comarcas Sede para presidirem a Comissão Examinadora do Concurso da respectiva Circunscrição Judiciária.
SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES
Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto a legislação pertinente a área de atuação e normas internas.