quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

www.caipimes.com.br

AGUARDANDO INSCRIÇÕES


Período de Inscrições:

De 15 de Dezembro de 2010 a 25 de Janeiro de 2011

Formas de Inscrição:

Exclusivamente pela internet.


Santo André, em 13 de dezembro de 2010.
ANEXO I
CÓD. CARREIRAS Nº de VAGAS
01 ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 7
02 ARQUITETURA E URBANISMO 2
03 BIBLIOTECONOMIA 2
04 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS / BIOLOGIA 6
05 CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2
06 CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO / MATEMÁTICA / INFORMÁTICA /
SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
4
07 CIÊNCIAS SOCIAIS / SOCIOLOGIA 2
08 COMUNICAÇÃO SOCIAL / JORNALISMO 2
09 DIREITO 6
10 ECONOMIA 1
11 ENFERMAGEM 2
12 ENGENHARIA CIVIL 10
13 ENGENHARIA FLORESTAL 2
14 ENGENHARIA MECÂNICA 1
15 ENGENHARIA QUÍMICA 1
16 ENGENHARIA SANITÁRIA 3
17 GEOGRAFIA 4
18 GEOLOGIA 2
19 PEGAGOGIA 1
20 PSICOLOGIA 2
21 QUÍMICA 2
22 SERVIÇO SOCIAL 5
23 TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE OBRAS HIDRÁULICAS 2

GCM Diadema

INSCRIÇÕES ABERTAS


Período de Inscrições:

De 13 de Dezembro de 2010 a 17 de Dezembro de 2010

Formas de Inscrição:

As inscrições poderão ser feitas no período de 13 a 17 de dezembro de 2010, das 08h30min às 16h30min,
pessoalmente ou por procurador devidamente habilitado, no Instituto de Previdência do Servidor Municipal de Diadema - IPRED,
localizado na Rua Cidade de Jundiaí, n.º 40, 3º andar, Vila Dirce, Diadema.

TJ-SP contrata escrevente em Campinas e Guarulhos

TJ-SP contrata escrevente em Campinas e Guarulhos
São oferecidas 93 vagas para escrevente no Tribunal de Justiça de São Paulo, com disponibilidade de 51 cargos para a circunscrição de Guarulhos e 42 para a de Campinas. As inscrições poderão ser feitas até 5 de janeiro, por meio deste site. A taxa de inscrição é de R$ 39,00.

sábado, 27 de novembro de 2010

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO - PCES

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO - PCES
O DELEGADO-CHEFE DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO (PC/ES), considerando a Lei Estadual nº 3.400, de 14 de janeiro de 1981, e suas alterações, a Lei Estadual nº 6.095, de 20 de janeiro de 2000, a Lei Complementar Estadual nº 46, de 10 de janeiro de 1994, e suas alterações, especialmente a Lei Complementar Estadual nº 65, de 17 de julho de 1995, a Lei Complementar Estadual nº 185, de 26 de julho de 2000, o Decreto Estadual nº 2.964-N, de 20 de março de 1990, e suas alterações, a Lei Complementar nº 4, de 17 de janeiro de 1990, a Lei Complementar nº 18, de 18 de janeiro de 1992, Decreto nº 3544-N, de 17 de junho de 1993, a Lei Complementar nº 56 de 28 de dezembro de 1994, a Lei Complementar nº 422, de 6 de dezembro de 2007, a Lei nº 4997 de 16 de dezembro de 1994, o Decreto nº 3.869-N, de 14 de julho de 1995, a Lei Estadual nº 7.385, de 6 de dezembro de 2002, a Lei Complementar nº 552, de 5 de maio de 2010, torna pública a realização de concurso público para provimento de 169 (cento e sessenta e nove)vagas em cargos de nível superior de Delegado de Polícia Substituto, de Escrivão de Polícia, de Médico Legista, de Perito Criminal, de Perito Criminal Especial, de Perito em Telecomunicação, de perito Papiloscópico e 23 (vinte e três) vagas em cargo de nível médio de Auxiliar de Perícia Médico-Legal, do Quadro da Polícia Civil do Estado do Espírito Santo

Cargo
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto
Escrivão de Polícia
Médico Legista
Perito Criminal
Perito Criminal Especial
Perito em Telecomunicação
Perito Papiloscópico
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal

Vagas
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto: 39 vagas
Escrivão de Polícia: 60 vagas
Médico Legista: 2 vagas
Perito Criminal: 20 vagas
Perito Criminal Especial: 6 vagas
Perito em Telecomunicação: 2 vagas
Perito Papiloscópico: 40 vagas
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal: 23 vagas

Remuneração
Nível Superior:
Delegado de Polícia Substituto: R$ 6.961,81
Escrivão de Polícia: R$ 3.537,37
Médico Legista: R$ 3.537,37
Perito Criminal: R$ 3.537,37
Perito Criminal Especial: R$ 3.537,37
Perito em Telecomunicação: R$ 3.537,37
Perito Papiloscópico: R$ 3.537,37
Nível médio:
Auxiliar de Perícia Médico-Legal: R$ 2.510,51

Inscrições
Taxa:Nível superior: R$ 130,00 (cento e trinta reais)
Nível médio: R$ 90,00 (noventa reais)


Horário:Será admitida a inscrição somente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 8 de novembro de 2010 e 23 horas e 59 minutos do dia 28 de novembro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF


Inscrição online
Segurança do Processo de Inscrição

Página de Acompanhamento

Alteração de dados pessoais,
Alteração/reimpressão de dados de pagamento,
Andamento do processo e
Obtenção do comprovante de inscrição



ACESSO A LINKS


EDITAIS, COMUNICADOS E INFORMAÇÕES

16/11/10 Edital n°5 - Retificação no subitem 14.2 do Edital n° 1.
12/11/10 Comunicado - Devolução de taxa
12/11/10 Edital n° 4 - Exclusão do processo seletivo das 15 vagas para o cargo do Perito em Fotografia Criminal
05/11/10 Edital n° 3 - Retificação nos subitens 14.1.3, 14.4.1 e 16.3 do Edital n° 1
03/11/10 Edital n° 2 - Retificação do subitem 9.11.2.4, subitem 9.12.1.4 e subitem 9.13.1.5
29/10/10 Edital n° 1 - Abertura

A Fundação para o Desenvolvimento da UNESP – FUNDUNESP

1
PROCESSO SELETIVO Nº 04/2010
(Regulamento de Abertura de Inscrições)
A Fundação para o Desenvolvimento da UNESP – FUNDUNESP, faz saber que se encontram abertas
inscrições de Processo Seletivo para o emprego de Motorista, para prestação de serviços, mediante
contratação, no Centro de Rádio e Televisão Cultural e Educativo – Televisão Universitária da Universidade
Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Bauru, sob organização e aplicação da Fundação para o
Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. O Processo
Seletivo será regido pelas Instruções Especiais, parte integrante deste Regulamento.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I – DO EMPREGO
1. O Processo Seletivo destina-se ao preenchimento, mediante contratação, do emprego de Motorista, com
vagas existentes e das que vierem a existir dentro do prazo de sua validade.
2. O emprego, número de vaga, salário e requisitos exigidos são os estabelecidos na tabela que segue:
Emprego Nº de Vaga Salário (R$) Requisitos
Motorista 01 1.655,90
- Ensino Fundamental Completo
- CNH categoria “D” (na data da prova prática)
- Experiência de 06 meses na função
3. O salário do emprego, em jornada completa de trabalho - 40 horas semanais, tem como base o mês de
novembro de 2010.

Tribunal de Justiça-SP - Escrevente (Campinas e Guarulhos) - Inscrições de 6/12/10 a 5/1/2011

Disponibilização: Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010 Diário da Justiça Eletrônico – Caderno Administrativo São Paulo, Ano IV - Edição 839
Subseção VII - Editais e Recursos de Concursos/Provas Seletivas
EDITAL DE ABERTURA
O Desembargador ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, considerando o contrato celebrado com a Fundação para o Vestibular da UNESP - VUNESP e os termos do Regulamento Interno dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, FAZ SABER que autorizou a abertura de concurso público para o cargo de ESCREVENTE TÉCNICO JUDICIÁRIO, referência “5”, grau “A”, Nível I da Escala de Vencimentos - Cargos Efetivos - Jornada de Trabalho de 40 horas semanais do SQC - III (LC 1111/2010), do Quadro do Tribunal de Justiça, nas Comarcas e Foros Distritais pertencentes às Circunscrições Judiciárias abaixo relacionadas, ficando designados os MM. Juízes de Direito Diretores dos Fóruns das Comarcas Sede para presidirem a Comissão Examinadora do Concurso da respectiva Circunscrição Judiciária.
SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES
Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto a legislação pertinente a área de atuação e normas internas.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Motorista 1.600 reais

1
PROCESSO SELETIVO Nº 04/2010
(Regulamento de Abertura de Inscrições)
A Fundação para o Desenvolvimento da UNESP – FUNDUNESP, faz saber que se encontram abertas
inscrições de Processo Seletivo para o emprego de Motorista, para prestação de serviços, mediante
contratação, no Centro de Rádio e Televisão Cultural e Educativo – Televisão Universitária da Universidade
Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, em Bauru, sob organização e aplicação da Fundação para o
Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP. O Processo
Seletivo será regido pelas Instruções Especiais, parte integrante deste Regulamento.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I – DO EMPREGO
1. O Processo Seletivo destina-se ao preenchimento, mediante contratação, do emprego de Motorista, com
vagas existentes e das que vierem a existir dentro do prazo de sua validade.
2. O emprego, número de vaga, salário e requisitos exigidos são os estabelecidos na tabela que segue:
Emprego Nº de Vaga Salário (R$) Requisitos
Motorista 01 1.655,90
- Ensino Fundamental Completo
- CNH categoria “D” (na data da prova prática)
- Experiência de 06 meses na função
3. O salário do emprego, em jornada completa de trabalho - 40 horas semanais, tem como base o mês de
novembro de 2010.
3.1. Serão concedidos pela FUNDUNESP os benefícios: Assistência Médica, Vale-Transporte e Vale-
Alimentação.
4. O candidato aprovado e contratado, pelo regime da CLT, deverá prestar serviços, mediante contratação,
no Centro de Rádio e Televisão Cultural e Educativo, localizado na Rua Jacy Stevaux Villaça, 2-99, Jardim
Contorno, Bauru – SP, CEP 17047-250, ou em outro endereço determinado, no caso de mudança de sede
do Centro de Rádio e Televisão Cultural e Educativo UNESP, dentro do horário estabelecido pela
Administração, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e feriados,
obedecida à carga horária semanal de trabalho.
5. As atribuições a serem exercidas pelo candidato contratado encontram-se no Anexo I – DAS
ATRIBUIÇÕES.
II – DAS INSCRIÇÕES
1. A inscrição deverá ser efetuada, das 10 horas de 29.11.2010 às 16 horas de 17.12.2010,
exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico da Fundação VUNESP - www.vunesp.com.br.

Vestibular IFSP

Vestibular IFSP Etapas do Processo Seletivo
•De 05/11 até as 15h do dia 19/11/10 - Inscrições e isenções para o Processo Seletivo
•A partir de 13/12/10 - Divulgação dos locais de Exame
•19/12/10, às 13h - Exame
•19/12/10, a partir das 18h - Divulgação do gabarito oficial
veja a programação completa
Rua Maria Cristina, 50 - Jardim Casqueiro - Cubatão - SP - CEP 11533-160 - telefone: (13) 4009-5100
Campus Guarulhos
Técnico concomitante ou subsequente
Curso Duração Manhã Tarde Noite Total Pré-requisitos
Automação Industrial 4 semestres — 40 40 80
Manutenção e Suporte em Informática 3 semestres — 40 — 40
Total 120
Conclusão do 1.º ano do
Ensino Médio (cursando o
2.º ou 3.º ano) ou concluído
o Ensino Médio.
Endereço: Avenida Salgado Filho, 3501 - Vila Rio de Janeiro - Guarulhos - SP - CEP 07115-000 - Telefone: (11)
2304-4251/2304-4252


Campus São Paulo
Técnico Integrado ao Ensino Médio
Curso Duração Manhã Tarde Noite Total Pré-requisitos
Eletrônica 4 anos 40 40 — 80
Eletrotécnica 4 anos — 40 — 40
Informática 4 anos — 80 — 80
Mecânica 4 anos 40 40 — 80
Subtotal 280
Conclusão do Ensino
Fundamental
Técnico concomitante ou subsequente
Curso Duração Manhã Tarde Noite Total Pré-requisitos
Edificações 4 semestres — 40 40 80
Eletrotécnica 4 semestres — — 40 40
Telecomunicações 4 semestres — — 40 40
Subtotal 160
Conclusão do 1.º ano do
Ensino Médio (cursando o
2.º ou 3.º ano) ou concluído
o Ensino Médio.
Total 440
Endereço: Rua Pedro Vicente, 625 - Canindé - São Paulo - SP - CEP 01109-010 - Telefone: (11) 2763-7535



Superior

Campus Guarulhos
Ensino Superior
Matutino Noturno
Curso Duração
Vestibular SiSU Vestibular SiSU
Total
Licenciatura em Matemática 8 semestres 20 20 — — 40
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
6 semestres — — 20 20 40
Tecnologia em Automação Industrial 6 semestres — — 20 20 40
Total 120
Endereço: Avenida Salgado Filho, 3501 - Vila Rio de Janeiro - Guarulhos - SP - CEP 07115-000 - Telefone: (11) 2304-4251/2304-
4252



Campus São Paulo
Ensino Superior
Integral Matutino Noturno
Curso Duração
Vestibular SiSU Vestibular SiSU Vestibular SiSU
Total
Engenharia Civil 10 semestres 20 20 — — — — 40
Engenharia de Controle e
Automação*
10 semestres 20 20 — — — — 40
Licenciatura em Física 8 semestres — — 20 20 40
Licenciatura em Geografia 8 semestres — — 20 20 20 20 80
Licenciatura em Química 8 semestres — — 20 20 40
Licenciatura em Matemática 8 semestres — — 20 20 40
Tecnologia em Análise e
Desenvolvimento de Sistemas
6 semestres — — 20 20 20 20 80
Tecnologia em Automação
Industrial
6 semestres — — — — 20 20 40
Tecnologia em Gestão da Produção
Industrial
6 semestres — — — — 20 20 40
Tecnologia em Gestão de Turismo 6 semestres — — 20 20 20 20 80
Tecnologia em Sistemas Elétricos 6 semestres — — — — 20 20 40
Tecnologia em Sistemas
Eletrônicos **
6 semestres — — 20 20 — — 40
Total 600
Endereço: R. Pedro Vicente, 625 - Canindé - São Paulo - SP - CEP 01109-010 - telefone: (11) 2763-7535
(*) Os primeiros oito semestres serão em período integral, sendo o nono e o décimo semestres oferecidos no período noturno.
(**) Os quatros primeiros semestres desta habilitação serão cursados no período matutino e os dois semestres finais serão cursados
no período noturno.

domingo, 14 de novembro de 2010

Superitendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC.

Superitendência Nacional de Previdência Complementar – PREVIC.
O DIRETOR-SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR (PREVIC), tendo em vista o disposto na Portaria MP nº 372, de 26 de agosto de 2010, na Portaria MPS nº 183, de 26 de abril de 2010, no Decreto nº 7.075, de 26 de janeiro de 2010 e na Lei nº 12.154, de 23 de dezembro de 2009, torna pública a realização de concurso público para o provimento de 20 vagas no cargo de nível superior de Analista Administrativo, 60 vagas no cargo de nível superior de Especialista em Previdência Complementar e 20 vagas no cargo de nível médio de Técnico Administrativo, mediante as condições estabelecidas neste edital.

Cargo
Nível Superior
ANALISTA ADMINISTRATIVO.
- Administrativa
- Contábil
- Tecnologia da Informação
ESPECIALISTA EM PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
- Atuarial
- Finanças e Contábil
Nível Médio
Técnico Administrativo

Vagas
Nível Superior
ANALISTA ADMINISTRATIVO.
- Administrativa - 14
- Contábil - 1
- Tecnologia da Informação - 5
ESPECIALISTA EM PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
- Atuarial - 27
- Finanças e Contábil - 33
Nível Médio
Técnico Administrativo - 20

Remuneração
Analista Administrativo - R$ 9.263,36
Especialista em Previdência Complementar - R$ 10.019,20
Técnico Administrativo - R$ 4.582,79

Inscrições
Taxa:Especialista em Previdência Complementar: R$ 90,00 (noventa reais);
Analista Administrativo: R$ 85,00 (oitenta e cinco reais);
Técnico Administrativo: R$ 55,00 (cinquenta e cinco reais).

Horário:Será admitida a inscrição somente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 19 de novembro de 2010 e 23 horas e 59 minutos do dia 10 de dezembro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE ITANHAÉM

Organizadora cetro
Inscrições on-line abertas até 05/11/2010 às 18:00:00

1
PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA
BALNEÁRIA DE ITANHAÉM
ESTADO DE SÃO PAULO
CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 002/2010
O Dr. JOÃO CARLOS FORSSELL, Prefeito Municipal da Estância Balneária de Itanhaém, torna público que realizará, através do Instituto Nacional de
Educação Cetro, Concurso Público para provimento de vagas de diversos cargos de seu quadro de pessoal, vagos e dos que vagarem ou forem criados
durante o Concurso, a serem nomeados pelo regime Estatutário, observados os termos da legislação vigente.
O Concurso Público reger-se-á pelas disposições contidas nas Instruções Especiais, que fazem parte integrante deste Edital.
I N S T R U Ç Õ E S E S P E C I A I S
I – DO CONCURSO PÚBLICO
1.1. O Concurso Público destina-se ao provimento de vagas, a serem nomeados pelo regime Estatutário, observados os termos da legislação vigente.
1.2. O prazo de validade do Concurso será de 2 (dois) anos, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Prefeitura
Municipal da Estância Balneária de Itanhaém, ser prorrogado uma vez por igual período.
1.3. Os códigos dos cargos, os cargos, as vagas, o salário base/ jornada semanal, os requisitos mínimos exigidos e a taxa de inscrição estão estabelecidos
na Tabela I, especificada abaixo.
1.4. A descrição sumária dos cargos será obtida no Anexo I, deste Edital.
TABELA I – CÓDIGO DOS CARGOS, CARGOS, QUANTITATIVO DE VAGAS, SALÁRIO BASE/ JORNADA SEMANAL, REQUISITOS MÍNIMOS
EXIGIDOS E TAXA DE INSCRIÇÃO
Cargo: Agente Comunitário de Saúde
Quantitativo de Vagas: 1(uma) vaga por microárea
Salário Base: R$567,00 (Quinhentos e sessenta e sete reais)
Jornada Semanal: 40h (Quarenta horas semanais)
Requisito Mínimos Requisitos: Ensino Fundamental Completo; concluir com aproveitamento no Curso de qualificação básica de
formação e residir na área da comunidade em que irá atuar.
Taxa de Inscrição: R$ 10 (dez reais)

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE SOROCABA – SAAE

Vunesp até 25/11
CONCURSO PÚBLICO – EDITAL Nº 05/2010
EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES
O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sorocaba - SAAE, a Fundação da Seguridade Social dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba - Funserv e a Prefeitura de Sorocaba, de acordo com o Processo Administrativo nº 21954/2010, fazem saber que farão realizar, sob a responsabilidade da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Fundação VUNESP, Concurso Público regido pelas Instruções Especiais, que ficam fazendo parte integrante deste Edital.
INSTRUÇÕES ESPECIAIS
I - DOS CARGOS E DAS VAGAS
1. O Concurso Público destina-se ao provimento de cargos que estejam vagos ou os que vagarem e/ou os que forem criados durante o seu prazo de validade.
2. Os códigos dos cargos, cargos e lotação, número de vagas, salários, carga horária semanal e requisitos exigidos são os estabelecidos na tabela a seguir:
Nº DE VAGAS
CÓDIGOS
DOS
CARGOS
CARGOS E LOTAÇÃO
VAGAS
TOTAL
GERAL
PORT. DEF
SALÁRIOS
(em R$)
CARGA HORÁRIA SEMANAL
REQUISITOS
001
Ajudante de Serviços - SAAE
30
28
02
839,88
40
Ensino Fundamental Completo
002
Auxiliar de Administração - Funserv
06
--
--
791,28
40
Ensino Fundamental Completo e Curso de Planilha Eletrônica e Editor Eletrônico de Texto, com comprovação
003
Auxiliar de Administração - SAAE
04
--
--
791,28
40
Ensino Fundamental Completo e Curso de Planilha Eletrônica e Editor Eletrônico de Texto, com comprovação
010
Biólogo I – PMS
01
--
--
2.168,09
30
Ensino Superior Completo em Biologia (Bacharelado) e Registro no respectivo Conselho de Classe
011
Contador I – Funserv
01
--
--
2.168,09
30
Ensino Superior Completo em Ciências Contábeis e Registro no respectivo Conselho de Classe
004
Encanador - SAAE
07
--
--
924,36
40
Ensino Fundamental Completo e Experiência Mínima de 2 anos *
012
Engenheiro Civil I – PMS
02
--
--
2.426,62
30
Ensino Superior Completo em Engenharia Civil e Registro no respectivo Conselho de Classe
013
Médico - Clínico Geral - PMS
01**
--
--
34,04 (Hora)
15
Ensino Superior Completo em Medicina e Registro no respectivo Conselho de Classe
014
Médico - Ginecologista - PMS
01**
--
--
34,04 (Hora)
15
Ensino Superior Completo em Medicina; Título de Especialista ou Residência na área e Registro no respectivo Conselho de Classe
015
Médico - Pediatra - PMS
01**
--
--
34,04 (Hora)
15
Ensino Superior Completo em Medicina; Título de Especialista ou Residência na área e Registro no respectivo Conselho de Classe
005
Operador de Máquinas – PMS
05
--
--
1.013,55
40
Ensino Fundamental Completo; CNH – categoria “C” e experiência mínima de 02 anos *
2
016
Procurador – SAAE
01
--
--
2.295,47
20
Ensino Superior Completo em Direito e Registro na OAB
007
Técnico de Agrimensura I- PMS
01
--
--
1.451,07
40
Curso Técnico Completo com habilitação em Agrimensura; Registro no respectivo Conselho de Classe e experiência mínima de 02 anos *
008
Técnico de Enfermagem - PMS
10**
09
01
9,74 (hora)
30
Curso Técnico Completo em Enfermagem e Registro no respectivo Conselho de Classe
009
Técnico de Tratamento - SAAE
30
28
02
1.451,07
40
Curso Técnico Completo; Registro no CRQ e noções básicas de computação, com comprovação
006
Telefonista Atendente – PMS
05
--
--
1.011,98
30
Ensino Médio Completo; Curso de Planilha Eletrônica e Editor Eletrônico de Texto, com comprovação, e experiência mínima de 02 anos *
017
Terapeuta Ocupacional – PMS
01
--
--
2.426,62
30
Ensino Superior Completo em Terapia Ocupacional e Registro no respectivo Conselho de Classe
Obs. * Comprovação do requisito de experiência por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, ou declaração de órgão público nos últimos 5 anos. Os trabalhadores autônomos poderão comprovar a experiência apresentando cópia do Carnê do INSS.
** A nomeação dos candidatos aprovados será realizada somente depois de esgotada a lista de classificação geral dos Concursos 03/2008 e 04/2010.
3. Os salários dos cargos têm como base o mês de julho/2010.
4. Os candidatos empossados estarão sujeitos ao regime estatutário e demais normas aplicáveis.
5. Todo o candidato empossado deverá prestar serviços dentro do horário estabelecido pela Administração e estará sujeito ao cumprimento do estágio probatório.
6. As atribuições a serem exercidas em cada um dos cargos em Concurso encontram-se no Anexo I deste Edital.

COMPANHIA REGIONAL DE ABASTECIMENTO INTEGRADO DE SANTO ANDRÉ até 19/11/2010

Organizadora Caipimes pegue o link
ANEXO I
TABELA DE CARGOS, VAGAS, ESCOLARIDADE, BENEFÍCIOS, SALÁRIOS E TAXAS DE INSCRIÇÃO.
CÓDIGO CARGO VAGAS
VAGAS
DEFICIENTES
ESCOLARIDADE BENEFÍCIOS
SALÁRIO
(*)
Taxa
de
Inscrição
01
Ajudante de
Cozinha
20 1
Ensino
Fundamental
Incompleto
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 663,01
+ AUXÍLIO
ALIMENTAÇÃO
R$ 51,00
R$
15,00
02
Copeira(o)/
Hospitalar
02 ‐
Ensino
Fundamental
Incompleto
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 708,98
+ AUXÍLIO
ALIMENTAÇÃO
R$ 51,00
R$
15,00
03
Cozinheiro I
17
1
Ensino
Fundamental
Incompleto
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 903,58
R$
15,00
04
Merendeira(o)
27 2
Ensino
Fundamental
Incompleto
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 663,01
+ AUXÍLIO
ALIMENTAÇÃO
R$ 51,00
R$
15,00
05
Motorista
04 ‐
Ensino
Fundamental
Incompleto
Habilitação “D”
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 1.036,10
R$
15,00
06
Servente Geral
12 1
Ensino
Fundamental
Incompleto
Vale transporte
Assist. Médica
R$ 663,01
+ AUXÍLIO
ALIMENTAÇÃO
R$ 51,00
R$
15,00
-9-
ANEXO II
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA AS PROVAS OBJETIVAS
Ensino Fundamental Incompleto
PORTUGUÊS: Ortografia. Plural Substantivos e adjetivos. Conjugação de verbos. Concordância entre adjetivo e substantivo e entre verbo e
seu sujeito. Confronto e reconhecimento de frases corretas e incorretas. Pontuação. Compreensão de textos.
Prova Situacional: Questões que simulam a rotina do trabalho diário.
MATEMÁTICA: Operações com números naturais e fracionários: adição, subtração, multiplicação e divisão. Problemas envolvendo as quatro
operações. Sistema métrico decimal. Sistema monetário nacional.
ANEXO III – ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGOS
01 – Ajudante de Cozinha
Escolher cereais e leguminosas, arroz , feijão, ervilha, etc, a serem utilizados no preparo das merendas e refeições, examinando-os , retirando
as partes inservíveis; Auxiliar no pré- preparo e preparo de merendas, lanches e refeições, lavando, cortando e descascando legumes,
verduras, frutas, carnes, pães e outros; Efetuar serviços de limpeza, higienização e arrumação na cozinha, refeitório como mesas, vasilhames,
máquinas de cortar e descascar e demais utensílios, bem como nas instalações da cozinha; Auxiliar na montagem, embalagem e expedição de
lanches e kit-lanches. Auxiliar o pré-preparo dos alimentos, montar marmitex, expedir refeições e marmitex para outras unidades, preparar
café e suco, escolher cereais; Servir diariamente refeições aos funcionários, em balcões térmicos nas unidades de abrangência da CRAISA ou
em carrinhos térmicos no Hospital Municipal e demais unidades. Efetuar outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas pelo superior
hierárquico.
02 – Copeira(o)/Hospitalar
Montar carrinhos para servir desjejum, merenda e ceia aos pacientes; - encher garrafas térmicas, rechear pães, embalar bolachas, higienizar
cortar, embalar ou encopar frutas, encher copos de sucos e etiquetar para colação. Higienizar, descascar, picar e cozinhar frutas para dietas
especiais. Montar as bandejas das refeições dos pacientes (Hospital e transportadas da Rede da Saúde) de acordo com o tipo dieta. Montar e
servir a alimentação diária do paciente internado – desjejum, colação, almoço, merenda, jantar e ceia. Monitorar temperatura das refeições
antes do envase. Coleta diária de amostras de todos os itens do cardápio. Recolher bandejas nos andares após o consumo e descartar refis.
Manter a área e equipamentos utilizados no trabalho higienizado e em ordem. Efetuar outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas
pelo superior hierárquico.
03 ‐ Cozinheiro I
Consultar o cardápio diário verificando se os gêneros alimentícios necessários a sua confecção estão devidamente separados. Orientar e auxiliar
os ajudantes de cozinha sobre o pré-preparo dos gêneros. Preparar refeições para funcionários públicos nas cozinhas da Craisa. Fazer o prépreparo
de carnes, Preparo de arroz, feijão, grelhados, assados e ou frituras, ect. Preparar merendas na Cozinha Central da supervisão de
alimentação escolar. Preparar refeições a pacientes e funcionários do Hospital Municipal, preparando previamente os ingredientes nas
quantidades adequadas, com base em cardápios e ou dietas pré-estabelecidas, cozinhando, temperando e controlando tempo de cozimento e
dosagem de ingredientes, para posterior distribuição aos comensais. Observar e manter as condições de higiene da cozinha e utensílios, bem
como a fiscalização e conservação. Receber e conferir alimentos para preparo das refeições e merendas, verificando, quantidade e qualidade
dos mesmos. Efetuar registros e controles relativos as merendas e refeições distribuídas, consumo de gêneros alimentícios e materiais de
limpeza solicitando sua requisição quando necessário. Executar outras tarefas afins e correlatas quando determinadas pelo superior hierárquico.
04 ‐ Merendeira(o)
Receber e conferir merendas, frutas e outros tipos de alimentos a serem distribuídas aos alunos, verificando quantidade e qualidade,
confrontando o solicitado e efetivamente recebido, providenciando acertos e controles. Monitorar a temperatura dos alimentos e preparações,
anotando em impresso próprio. Preparar a merenda prevista no cardápio, cozinhar alimentos, utilizando ingredientes disponíveis, seguindo
orientações da supervisão de alimentação escolar. Distribuir a merenda, higienizando previamente o local, talheres, pratos e demais utensílios
em locais apropriados, dosando a quantidade distribuída a cada aluno. Controlar estoque de gêneros alimentícios, data de validade e
acondicionamento correto dos alimentos. Zelar pela higiene da cozinha e do refeitório, lavando as panelas, fogão, caldeirões e os demais
utensílios utilizados na distribuição da merenda, bem como as dependências da cozinha e local onde foi servida a refeição. Registrar em
formulário apropriado, o tipo e quantidade de refeições, bem como o número de crianças servidas, enviando a CRAISA, para controle. Executar
outras tarefas afins e correlatas, segundo designação do CRAISA.
05 – Motorista
Dirigir diariamente os veículos da Instituição, transportando pessoas ou cargas, conforme roteiro e horários estabelecidos. Auxiliar no
embarque e desembarque de cargas, orientando sua arrumação, visando evitar possíveis acidentes. Efetuar o registro do roteiro em formulário
próprio, anotando local, horário e ocorrências, para fins de controle. Zelar pela manutenção, ferramentas e acessórios do veículo sob sua
responsabilidade, comunicando falhas e solicitando ou efetuando os reparos necessários no tocante à parte elétrica ou mecânica, visando o
perfeito funcionamento. Recolher o veículo, após jornada de trabalho, conduzindo-o a garagem para manutenção e abastecimento.
06 ‐ Servente Geral
Realizar as operações de limpeza e higienização da cozinha em geral, incluindo, equipamentos e áreas externas, e especificamente panelas,
caldeirões,utensílios, galões de inox, caixas isotérmicas, entre outros. Coletar detritos e transferir para os locais de destino, carregar e
descarregar alimentos perecíveis e não perecíveis, descartáveis e produtos de limpeza. Higienizar as áreas de trabalho e equipamentos,
banheiros e refeitórios. Efetuar outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas pelo superior hierárquico

CONCURSO PÚBLICO DE INGRESSO PARA PROVIMENTO DE CARGOS VAGOS DE AGENTE DE APOIO – SEGMENTO DE ATIVIDADES: TRANSPORTE E MANUTENÇÃO DE AUTOMOTORES, para

INSTRUÇÕES ESPECIAIS
1 - DO CARGO
1.1 O Concurso destina-se ao provimento de 532 (quinhentos e trinta e dois) cargos vagos de Agente de Apoio - Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores, para atuar junto às equipes de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192, e os que vierem a vagar ou que forem criados durante o seu prazo de validade, sendo reservados 5% (cinco por cento) do total de cargos vagos a pessoas portadoras de deficiências, nos termos da Lei Municipal nº 13.398/2002, conforme disposto no Capítulo 3.
1.1.1 Dos cargos reservados a pessoas portadoras de deficiências, para efeito do disposto no item 1.1, quando da aplicação do percentual resultar fração igual ou superior a 0,5 (cinco décimos), será arredondada para 1 (um) cargo;
1.1.2 Não havendo candidatos portadores de deficiências inscritos nos termos da Lei nº. 13.398/02, ou aprovados no exame médico específico e/ou na avaliação da compatibilidade entre a deficiência do candidato e a função a ser desempenhada, os cargos vagos reservados serão providos pelos demais aprovados, com estrita observância da ordem classificatória da lista definitiva.
1.2. A remuneração mensal para os ingressantes ao cargo de Agente de Apoio - Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores, correspondente aos vencimentos do padrão B-1 equivalente a R$ 440,31(quatrocentos e quarenta reais e trinta e um centavos), mais as vantagens decorrentes de seu exercício.
Nº de Cargos Vagos
Cargo
Escolaridade
Total *
Portadores de Deficiência **
Remuneração Mensal
Agente de Apoio - Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores
Ensino Fundamental Completo (antigo 1º grau)
532
27
Padrão B-1
R$ 440,31
1.3 Os ocupantes dos cargos em concurso ficarão sujeitos à prestação da Jornada Básica correspondente a 40 (quarenta) horas semanais.
1.4 Síntese das atribuições a serem desempenhadas pelos ocupantes do cargo de Agente de Apoio – Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores:
- Conduzir veículos automotores de pequeno, médio e grande porte, respeitando a habilitação específica, prevista em lei, para a execução das atividades.
- Desempenhar as atividades de transportes de pessoas, máquinas e equipamentos com equilíbrio emocional, suportando situações de forte pressão e stress.
- Prestar atendimento ao público interno e externo, com habilidade no relacionamento pessoal.
- Desempenhar as atividades de transporte com elevado poder de concentração, mantendo a atenção em um determinado foco em situações adversas.
- Realizar pequenas manutenções em veículos, usando conhecimentos básicos de mecânica.
1.5 As atividades do Agente de Apoio - Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores exigem disposição pessoal; equilíbrio emocional e autocontrole; disposição para cumprir ações orientadas; habilitação profissional como motorista de veículos de transporte de pacientes, de acordo com a legislação em vigor (Código Nacional de Trânsito); capacidade de trabalhar em equipe; disponibilidade para a capacitação discriminada no Capítulo VII da Portaria Federal nº 2048, de 05 de novembro de 2002, bem como para a re-certificação periódica, as quais consistem em:
- conduzir veículo terrestre de urgência destinado ao atendimento e transporte de pacientes;
- conhecer integralmente o veículo e realizar sua manutenção básica;
- estabelecer contato radiofônico (ou telefônico) com a central de regulação médica e seguir suas orientações;
- conhecer a malha viária local;
- conhecer a localização de todos os estabelecimentos de saúde integrados ao sistema assistencial local;
- auxiliar a equipe de saúde nos gestos básicos de suporte à vida;
- auxiliar a equipe nas imobilizações e transporte de vítimas;
- realizar medidas de reanimação cardiorrespiratória básica;
- identificar todos os tipos de materiais existentes nos veículos de socorro e sua utilidade, a fim de auxiliar a equipe de saúde.
1.6 O candidato, ao ingressar no cargo, ficará sujeito ao estágio probatório pelo período de de 3 (três) anos de efetivo exercício, podendo ser exonerado a qualquer momento durante esse período, conforme regulamento específico.
1.7 A PMSP reserva-se o direito de proceder às nomeações em número que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, de acordo com a disponibilidade orçamentária.
1.8 O Conteúdo Programático da prova consta do Anexo I deste Edital.
2 - DAS INSCRIÇÕES
2.1 A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, bem como das condições previstas em Lei, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.
2.2 Objetivando evitar ônus desnecessário, o interessado deverá orientar-se no sentido de recolher o valor da inscrição somente após tomar conhecimento de todos os requisitos exigidos para o Concurso, em especial a síntese das atribuições específicas do cargo e as atividades do cargo constantes nos itens 1.4 e 1.5 deste Edital, respectivamente.
2.3 São condições para a inscrição:
2.3.1 ser brasileiro nato ou naturalizado ou cidadão português ou estrangeiro conforme disposto na Lei nº 13.404, de 08/08/2002 e Decreto nº 42.813, de 28/01/2003;
2.3.2 ter até a data do ato da posse a idade de 18 (dezoito) anos completos;
2.3.3 possuir até a data do ato da posse o documento comprobatório do Ensino Fundamental Completo (antigo 1º. Grau);
2.3.4 encontrar-se em pleno exercício de seus direitos civis e políticos até o ato da posse;
2.3.5 CPF (regularizado);
2.3.6. possuir até a data do ato da posse Carteira Nacional de Habilitação - CNH categoria “D” ou “E” e Curso para Condutores de Veiculo de Emergência reconhecido pelo DETRAN - SP, resolução do CONTRAN nº 285, de 29 de julho de 2008.
2.3.7 conhecer e estar de acordo com as exigências contidas neste Edital, bem como com as condições previstas em lei;
2.4 É de fundamental importância que o candidato assine e preencha de forma correta e completa, na Ficha de Inscrição, os dados pessoais, o número de seu Registro Geral (RG), cadastro de pessoa física (CPF) e o número do registro funcional (RF), com nove dígitos, no caso de servidor ou ex-servidor da PMSP - Administração Direta.
2.4.1 O candidato servidor da Administração Direta Municipal poderá obter ou confirmar o número de seu registro funcional constante no holerite ou na Unidade de Recursos Humanos à qual pertence.
2.4.2 O candidato ex-servidor da Administração Direta da PMSP poderá obter ou confirmar o número de seu Registro Funcional na Seção Técnica de Atendimento do Departamento de Recursos Humanos – DERH, da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão – SEMPLA, situada na Rua Líbero Badaró, 425, térreo, nos dias úteis, no período de 03.11.10 a 30.11.10, das 10 às 17 horas.
2.5 A inscrição poderá ser efetuada pela internet (item 2.11 deste Capítulo) ou pelo banco (item 2.12 deste Capítulo) durante o período de 03.11.2010 a 30.11.2010.
2.6 Não será permitida inscrição pelos Correios, fac-símile, condicional ou fora do prazo estabelecido.
2.7 Para concretizar a inscrição, o candidato deverá efetuar o pagamento da importância de R$ 37,00 (trinta e sete reais), correspondente à taxa de inscrição, em dinheiro ou em cheque.
2.7.1 A inscrição por pagamento em cheque somente será considerada efetuada após a respectiva compensação.
2.7.2 Se, por qualquer razão, o cheque for devolvido, a inscrição do candidato será automaticamente tornada sem efeito.
2.7.3 Não será aceita inscrição por depósito em caixa eletrônico, pelos correios, fac-símile, transferência eletrônica, DOC, ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente, condicional ou fora do período de inscrição (03.11.2010 a 30.11.2010), ou por qualquer outro meio que não os especificados no item 2.7.3.
2.7.4 O não atendimento aos procedimentos estabelecidos nos itens anteriores implicará o cancelamento da inscrição do candidato, verificada a irregularidade a qualquer tempo.
2.7.5 Não haverá devolução da importância paga, ainda que efetuada a mais ou em duplicidade, nem isenção parcial ou total de pagamento do valor correspondente da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado.
2.7.6 A devolução da importância paga somente ocorrerá se o Concurso Público não se realizar ou se for tornado nulo.
2.8 O candidato será responsável por qualquer erro, rasura ou omissão, bem como pelas informações prestadas, pessoalmente ou por seu procurador, na ficha de inscrição.
2.8.1 O candidato que prestar declaração falsa, inexata ou, ainda, que não satisfaça a todas as condições estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e, em consequência, anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que aprovado na prova ainda que o fato seja constatado posteriormente.
2.9 No ato de inscrição, não serão solicitados os documentos comprobatórios constantes no item 2.3 deste Capítulo, sendo obrigatória a sua comprovação quando da posse do candidato.
2.10 Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no site www.vunesp.com.br e, nos dias úteis, das 8 às 20 horas, pelo Disque VUNESP - telefone (11) 3874-6300.
2.11 Para inscrever-se pela Internet, o candidato deverá:
a) acessar o site www.vunesp.com.br, durante o período de inscrição (10 horas de 03.11.2010 às 16 horas de 30.11.2010);
b) localizar no site o “link” correlato ao Concurso Público;
c) ler atentamente o respectivo Edital, preencher e transmitir correta e totalmente a ficha de inscrição;
d) imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da inscrição, em qualquer agência bancária, até a data-limite para encerramento das inscrições (30.11.2010).
2.11.1 Para o pagamento da taxa de inscrição realizada pela internet, somente poderá ser utilizado o boleto bancário gerado no ato da inscrição, até a data-limite do encerramento das inscrições. Atenção para o horário bancário.
2.11.2 A efetivação da inscrição ocorrerá após a confirmação, pelo banco, do pagamento do boleto referente à taxa. A pesquisa para acompanhar a situação da inscrição deverá ser feita 4 dias úteis após o término do período das inscrições, no site www.vunesp.com.br, na página do Concurso Público. Caso seja detectada falta de informação, o candidato deverá entrar em contato com o Disque VUNESP, pelo telefone 11-3874-6300, nos dias úteis, das 8 às 20 horas, para verificar o ocorrido.
2.11.3 Para o candidato que não possuir computador, a inscrição poderá ser efetuada em um dos Telecentros Municipais ou infocentros (locais públicos para acesso à internet) do Programa Acessa São Paulo, localizados em várias cidades do Estado.
2.11.4 Às 16 horas (horário de Brasília) de 30.11.2010, a ficha de inscrição não estará mais disponibilizada no site da Fundação VUNESP.
2.11.5 O descumprimento das instruções para inscrição pela internet implicará a não efetivação da inscrição.
2.11.6 A Fundação VUNESP e a Prefeitura do Município de São Paulo – PMSP, não se responsabilizam por solicitação de inscrição pela internet não recebida por motivo de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência dos dados.
2.12 A inscrição pelo banco poderá ser feita, pessoalmente ou por procuração, durante o período de 03.11.2010 a 30.11.2010, nas agências autorizadas do Banco Santander, abaixo descritas, nos dias úteis e no horário bancário, onde estarão disponíveis a ficha de inscrição e os comprovantes para pagamento do valor da taxa, fornecidos GRATUITAMENTE.
AGENCIA
ENDEREÇO
BAIRRO
VILA ROMANA
R CLELIA 902
AGUA BRANCA
BUTANTA
AV PROF FRANCISCO MORATO 365
BUTANTA
CASA VERDE
R DR CEZAR CASTIGLIONE JR 121
CASA VERDE
RIO BRANCO
AV RIO BRANCO 408 / 426
CENTRO
CIDADE DUTRA
AV SEN TEOTONIO VILLELA 1131
CID.DUTRA
RAFAEL DE BARROS
R DR RAFAEL DE BARROS 37
PARAISO
PENHA
R DR JOAO RIBEIRO 194
PENHA
LARGO 13 DE MAIO
AV MARIO LOPES LEAO 121
SANTO AMARO
GUARAPIRANGA
AV DE PINEDO 353
SOCORRO
CANTAREIRA
AV NOVA CANTAREIRA 895
TUCURUVI
VILA MARIA
AV GUILHERME COTCHING 1420 / 1532
VILA MARIA
2.13 Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no site www.vunesp.com.br e, nos dias úteis, das 8 às 20 horas, pelo Disque VUNESP, telefone (11) 3874-6300.
2.14 O deferimento da inscrição dependerá do correto e completo preenchimento da Ficha de Inscrição/Formulário de Inscrição.
2.15 O candidato que necessitar de condições especiais para a realização da prova deverá, no período das inscrições (03.11.2010 a 30.11.2010), encaminhar, solicitação detalhada dos recursos necessários, por Sedex, ou entregar pessoalmente, nos dias úteis, das 8 às 16 horas, na Fundação VUNESP – Rua Dona Germaine Burchard, 515 – Água Branca/Perdizes, São Paulo/SP - CEP 05002-062, e indicar no envelope “Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão da PMSP – Agente de Apoio – Segmento de Atividades: Transporte e Manutenção de Automotores”.
2.15.1 O candidato que não o fizer, durante o período de inscrição (03.11.2010 a 30.11.2010) e conforme o estabelecido neste item, não terá a sua prova especial preparada ou as condições especiais providenciadas, seja qual for o motivo alegado.
2.15.2 Para efeito do prazo estipulado (03.11.2010 a 30.11.2010), será considerada, conforme o caso, a data da postagem fixada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT ou a data do protocolo firmado pela Fundação VUNESP.
2.15.3 O candidato portador de necessidades especiais deverá observar ainda o Capítulo 3. DA INSCRIÇÃO PARA OS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA (LEI 13.398/2002).
2.16 Em conformidade com o Decreto nº 51.180, de 14 de janeiro de 2010, o candidato travesti ou transexual poderá solicitar a inclusão e uso do nome social para tratamento, devendo:
2.16.1 quando realizar a inscrição por meio de ficha bancaria, antes de efetuar o pagamento, no período de inscrição (03.11.10 a 30.11.10), preencher e assinar requerimento constante no verso da ficha de inscrição.
2.16.2 quando realizar sua inscrição pela internet:
2.16.2.1 preencher e imprimir total e corretamente, durante o período das 10 horas de 03 de novembro de 2010 às 23h59min de 30 de novembro de 2010, o requerimento de solicitação inclusão e uso do nome social, disponível, exclusivamente, no site www.vunesp.com.br;
2.16.2.2 assinar e encaminhar por SEDEX ou outra modalidade de correspondência com Aviso de recebimento (AR), ATÉ 01 de dezembro de 2010, para a Fundação VUNESP, fazendo constar do envelope o que segue:
Fundação VUNESP
“Prefeitura do Município de São Paulo”
“Agente de Apoio”
Solicitação de inclusão e uso do nome social
Rua Dona Germaine Burchard, 515
Água Branca – São Paulo/SP
CEP 05002-062
2.16.3 Nas publicações oficiais, será utilizado o nome civil do candidato.

http://www.vunesp.com.br/index.php?p=Y29uY3Vyc29zL2NvbmN1cnNvLnBocD9pZF9jb25jdXJzbz04MzMmY29kaWdvPXBzZ3AxMDAyJmRvYz0xJmNvbmN1cnNvPVByZWZlaXR1cmElMjBkZSUyMFMlRTNvJTIwUGF1bG8lMjAtJTIwU2Vjci5NdW5pYy4lMjBkZSUyMFNhJUZBZGUlMjAtJTIwQWdlbnRlJTIwZGUlMjBBcG9pbyUyMC0lMjA1MzIlMjBWYWdhcyUyMC0lMjBJbnNjcmklRTclRjVlcyUyMGF0JUU5JTIwMzAlMkYxMQ==
superpaz

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Prefeitura de São Paulo - Secr.Munic. de Saúde - Agente de Apoio - 532 Vagas - Inscrições de 3 a 30/11

Prefeitura de São Paulo - Secr.Munic. de Saúde - Agente de Apoio - 532 Vagas - Inscrições de 3 a 30/11
Vunesp

sábado, 9 de outubro de 2010

Diadema oferece 432 vagas e ainda forma cadastro

Diadema oferece 432 vagas e ainda forma cadastro
A Prefeitura de Diadema está com inscrições abertas para três concursos, com 432 oportunidades, além da formação de cadastro reserva para 15 cargos. Os interessados deverão se inscrever por meio deste site, até o dia 22 de outubro. A taxa de inscrição é de R$ 30,00 para cargos de nível fundamental, de R$ 40,00 para nível médio e de R$ 70,00 para ensino superior.

sábado, 25 de setembro de 2010

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA / cesp-unb

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA
A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA (DPE/BA), nos termos da Lei Complementar Federal nº 80/1994, com as alterações da Lei Complementar Federal nº 132/2009, da Lei Orgânica Estadual da Defensoria Pública nº 26/2006 e do Regulamento do Concurso, publicado em 10 de agosto de 2010, torna pública a realização do VI concurso público para provimento de vagas no cargo de Defensor Público de Classe Inicial, mediante as condições estabelecidas neste edital.

Cargo
Defensor Público de classe inicial.

Vagas
50 vagas

Remuneração
R$ 12.803,31

Inscrições
Taxa:R$ 150,00

Horário:Será admitida a inscrição exclusivamente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 29 de setembro de 2010 e 23 horas e 59 minutos do dia 28 de outubro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF.

INMETRO / cesp unb

INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL – INMETRO


INMETRO2010
O INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL (INMETRO), considerando a autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, nos termos da Portaria nº 32, de 8 de fevereiro de 2007, publicada no Diário Oficial da União de 9 de fevereiro de 2007, com base na Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, na Lei nº 9.515, de 20 de novembro de 1997, na Lei nº 11.355, de 19 de outubro de 2006, no Decreto nº 6.275, de 28 de novembro 2007, no Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 24 de agosto de 2009, e na Portaria nº 314, de 24 de setembro de 2009, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, publicada no Diário Oficial da União de 25 de setembro de 2009, torna pública a realização de concurso público para provimento de vagas nos cargos de nível superior – Analista Executivo em Metrologia e Qualidade e Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade – e nos cargos de nível médio – Assistente Executivo em Metrologia e Qualidade e Técnico em Metrologia e Qualidade –, mediante as normas estabelecidas neste edital.

Cargo
Analista Executivo
Pesquisador-Tecnologista
Assistente Executivo em Metrologia e Qualidade
Técnico em Metrologia e Qualidade

Vagas
Analista Executivo - 40
Pesquisador-Tecnologista - 84
Assistente Executivo em Metrologia e Qualidade - 10
Técnico em Metrologia e Qualidade - 79

Remuneração
Analista Executivo - R$ 5.964,34 a 7.563,01
Pesquisador-Tecnologista - R$ 5.964,34 a 7.563,01
Assistente Executivo em Metrologia e Qualidade - R$ 1.678,28 a 2.900,51
Técnico em Metrologia e Qualidade - R$ 1.678,28 a 2.900,51

Inscrições
Taxa:Nível Superior: R$ 120,00
Nível Médio: R$ 60,00

Horário:Será admitida a inscrição exclusivamente via Internet solicitada no período das 10 horas do dia 1º de outubro de 2010 às 23 horas e 59 minutos do dia 21 de outubro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF.

DAE Bauru oferece vagas para engenheiros e geólogos / vunesp

DAE Bauru oferece vagas para engenheiros e geólogos
Os engenheiros das áreas civil e elétrica e os geólogos poderão se inscrever para o concurso do Departamento de Água e Esgoto de Bauru. A ficha de inscrição estará disponível em 4 de outubro, neste site. O prazo de inscrição termina em 5 de novembro. A taxa de inscrição é de R$ 70,00.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Fundação Casa/SP - Inscrições até 19/10 Vunesp

- Ensino Médio Completo
- Sexo masculino
- Altura mínima de 1,65m, descalço
- Idade mínima de 21 anos

1.2.2. A remuneração de R$ 1.255,59 refere-se ao Salário Base (R$ 965,84), mais Gratificação de Regime Especial de Trabalho – GRET (R$ 289,75).
III – BENEFÍCIOS
3. Os benefícios oferecidos pela Fundação CASA/SP são:
3.1. Vale-Refeição no valor mensal de R$ 268,25 (duzentos e sessenta e oito reais e vinte e cinco centavos).
3.2. Vale-Alimentação no valor mensal de R$ 61,79 (sessenta e um reais e setenta e nove centavos).
3.3. Vale-Transporte – em conformidade com a legislação.
3.4. Assistência Médica – parcialmente subsidiada pela Fundação CASA/SP.
3.5. Assistência Odontológica – parcialmente subsidiada pela Fundação CASA/SP.
3.6. Seguro de Vida.
3.7. Auxílio-Funeral.
2
IV – DAS INSCRIÇÕES
4.1. As inscrições deverão ser efetuadas no período das 10 horas de 20 de setembro de 2010 às 16 horas de 19 de outubro de 2010, somente pela internet, site www.vunesp.com.br, conforme previsto no subitem 4.10. deste Edital.
4.1.1. Às 16 horas (horário de Brasília) de 19 de outubro de 2010, a ficha de inscrição e o boleto bancário não estarão mais disponíveis no site.
4.2. No ato da inscrição, o candidato deverá, obrigatoriamente, indicar na sua ficha de inscrição:
4.2.1. o código do cargo/macrorregião a que estará concorrendo; assim como a opção de cidade de realização da prova objetiva, quais sejam: Campinas ou Iaras ou Jacareí ou Marília ou Ribeirão Preto ou Santos ou São Paulo.
4.3. Se o candidato deixar de preencher a opção relativa à cidade de realização da prova objetiva, a prova deverá ser obrigatoriamente na cidade de São Paulo.
4.4. O valor da inscrição será de R$ 40,00 (quarenta reais).
4.5. Tendo em vista que a prova objetiva para o cargo em Concurso será realizada na mesma data e período, recomenda-se que seja feita inscrição somente para um código de cargo/macrorregião.
II – DAS VAGAS, DAS MACRORREGIÕES E DOS REQUISITOS
2.1. Os números de códigos das macrorregiões e suas respectivas cidades estão definidas no quadro a seguir:
Nºs DE CÓDIGOS DAS MACRORREGIÕES
CIDADES
1
Arujá, Diadema, Embu, Ferraz de Vasconcelos, Franco da Rocha, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Itaquaquecetuba, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo (Capital), Taboão da Serra e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
2
Americana, Atibaia, Bragança Paulista, Campinas, Jundiaí, Leme, Limeira, Mogi Mirim, Piracicaba, Rio Claro, Sumaré e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
3
Guarujá, Itanhaém, Juquiá, Mongaguá, Pedro de Toledo, Peruíbe, Praia Grande, Registro, Santos, São Vicente e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
4
Araraquara, Barretos, Batatais, Franca, Ribeirão Preto, São Carlos, Sertãozinho, Taquaritinga e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
5
Araçatuba, Fernandópolis, Irapuru, Lins, Marília, Mirassol, Ourinhos, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Tanabi, Votuporanga e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
6
Bauru, Botucatu, Cerqueira César, Iaras, Itapetininga, Sorocaba e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
7
Caraguatatuba, Jacareí, Lorena, São José dos Campos, Taubaté, Tremembé, Ubatuba e outros municípios que eventualmente venham a abrigar Unidades da Fundação CASA/SP.
2.2. O número dos códigos das macrorregiões conforme definido no subitem 2.1. deste Edital, o número de vagas em Concurso, por macrorregião; os códigos do cargo/macrorregião, assim como os requisitos encontram-se no quadro a seguir:
Nº DE CÓDIGOS DAS MACRORREGIÕES
Nº DE VAGAS
CÓDIGOS DO CARGO/ MACRORREGIÃO
REQUISITOS
1
330
001
2
150
002
3
40
003
4
100
004
5
09
005
6
40
006
7
50
007
- Ensino Médio Completo
- Sexo masculino
- Altura mínima de 1,65m, descalço
- Idade mínima de 21 anos
2.3. A descrição detalhada das atribuições do cargo consta do Anexo I deste Edital.
III

X – DAS PROVAS DE AFERIÇÃO DE ALTURA/ESTATURA E DE APTIDÃO FÍSICA
10.1. As provas de aferição de altura/estatura e de aptidão física serão realizadas na cidade de São Paulo.
10.2. As informações sobre a data, local, horário/turma da prova serão divulgados oportunamente por meio de Edital de Convocação a ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), divulgado no site www.vunesp.com.br e afixado na sede da Fundação CASA/SP (vide endereço no Anexo III deste Edital).
10.3. O candidato somente poderá realizar as provas na respectiva data, local e horário/turma constantes no Edital de Convocação.
10.4. Nos dias que antecederem à data prevista para as provas, o candidato deverá acompanhar a publicação do Edital de Convocação no DOE.
11
10.4.1. O candidato poderá, ainda consultar o site www.vunesp.com.br, ou contatar o Disque VUNESP, por meio do telefone (0xx11) 3874-6300, nos dias úteis, das 8 às 20 horas (horário de Brasília) ou verificar as listas afixadas na sede da Fundação CASA/SP (vide endereço no Anexo III deste Edital).
10.4.1. É de responsabilidade do candidato acompanhar a publicação do Edital de Convocação no DOE, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.
10.4.2. Somente serão convocados para as provas de aferição de altura/estatura e aptidão física - TAF os candidatos mais bem classificados na prova objetiva, respeitada a proporção de 10 (dez) vezes o número de vagas em concurso, por macrorregião, obedecidos os critérios de desempate previsto no subitem 9.3.1. deste Edital, conforme consta da tabela a seguir:
CÓDIGO DOS CARGOS/MACRORREGIÃO
CÓDIGO DAS MACRORREGIÕES
NÚMERO DE VAGAS
CONVOCADOS
001
1
330
3300
002
2
150
1500
003
3
40
400
004
4
100
1000
005
5
09
90
006
6
40
400
007
7
50
500
10.4.2.1. Os candidatos não convocados para as provas de aferição de altura/estatura e de aptidão física serão eliminados do Concurso.
10.4.3. Para a realização das provas de aferição de altura/estatura e de aptidão física o candidato deverá:
10.4.3.1. apresentar-se com 60 (sessenta) minutos de antecedência do horário previsto;
10.4.3.2. apresentar documento de identidade, conforme previsto no subitem 7.7.1. deste Edital;
10.4.3.3. entregar original de atestado médico expedido por órgão de saúde, público ou privado, emitido em período não superior a 30 (trinta) dias da data da aplicação desta prova, no qual deverá constar, expressamente, que o candidato está apto para realizar a prova de aptidão física deste Concurso, contendo data, assinatura, carimbo e CRM do profissional.
10.4.3.3.1. O atestado médico, de caráter eliminatório, visa avaliar as condições de saúde do candidato para a realização da prova.
10.4.3.3.2. O atestado médico não poderá conter expressão que limite sua validade no momento em que foi emitido, sob pena de eliminação do candidato na prova.
10.4.3.3.3. O candidato que não atender aos subitens anteriores será eliminado da prova de aptidão física.
10.4.3.4. Para esta prova o candidato deverá apresentar-se com roupa apropriada (calção e camiseta) e calçando tênis.
10.5. A aferição de altura/estatura terá caráter eminentemente eliminatório e será realizada com o candidato descalço.
10.5.1. O candidato que não possuir a altura mínima exigida, será considerado eliminado do concurso, tendo em vista o disposto no subitem 2.2. deste Edital, ficando impedido da realização da prova de aptidão física.
10.6. A prova de aptidão física terá caráter eliminatório e classificatório, sendo atribuídas notas na escala de 0 (zero) a 100,00 (cem).
10.7. A nota da prova de aptidão física corresponderá à média aritmética simples dos pontos obtidos nos quatro testes de aptidão física, aplicando-se a seguinte fórmula:
NA = (T1 +T2 + T3 + T4) / 4 onde:
10.7.1. Legendas:
NA = nota na prova de aptidão física
T1 = pontos obtidos no teste de flexo-extensão de cotovelos em apoio de frente sobre o solo, na escala de 0 (zero)a 100 (cem);
T2 = pontos obtidos no teste de resistência abdominal, na escala de 0(zero) a 100 (cem);
T3 = pontos obtidos no teste de corrida de 50 metros, na escala de 0 (zero) a 100 (cem); e
T4 = pontos obtidos no teste de corrida em 12 minutos, na escala de 0 (zero) a 100 (cem).
12
10.8. Para ser considerado habilitado na prova de aptidão física o candidato deverá obter, no mínimo 10,00 (dez) pontos em cada um dos testes definidos nos subitens 10.9.1., 10.9.2., 10.9.3. e 10.9.4. deste Capítulo, perfazendo a nota igual ou superior a 40 (quarenta) pontos.
10.8.1. Para a realização da prova de aptidão física – TAF, recomenda-se ao candidato que faça sua refeição com antecedência de 2 (duas) horas e 2 (duas) horas depois dos testes.
10.8.2. O aquecimento e a preparação para os testes de aptidão física – TAF são de responsabilidade do próprio candidato, não podendo interferir no andamento do concurso.
10.8.3. Se por razões decorrentes das condições climáticas, a prova de aptidão física – TAF for cancelada ou interrompida, a prova será adiada para nova data a ser divulgada, devendo o candidato realizá-la, desde o início, desprezando-se os resultados até então obtidos.
10.8.4. Na aplicação da prova de aptidão física – TAF não haverá repetição da execução dos exercícios, exceto nos casos em que a banca examinadora concluir pela ocorrência de fatores de ordem técnica, não provocados pelo candidato e que tenham prejudicado o seu desempenho.
10.9. Os testes a serem aplicados na prova de aptidão física serão os seguintes:
10.9.1. FLEXO-EXTENSÃO DE COTOVELOS EM APOIO DE FRENTE SOBRE O SOLO - Posição inicial: deitado, em decúbito ventral (peito voltado ao solo), pernas estendidas e unidas e ponta dos pés tocando o solo, cotovelos estendidos, mãos espalmadas apoiadas no solo, com dedos estendidos e voltados para frente do corpo, com a abertura um pouco maior que a largura dos ombros, o corpo totalmente estendido. Execução:
a) Flexão dos cotovelos aproximando, o corpo alinhado, do solo em 5 (cinco) centímetros, sem haver contato com qualquer parte do corpo com o solo, a não ser a ponta dos pés e as mãos.
b) Extensão dos braços voltando à posição inicial, completando assim 1 (um) movimento completo.
c) A execução do teste deverá ser ininterrupta, não sendo permitido repouso ou pausa entre as repetições.
d) Caso, na flexão dos cotovelos, o corpo esteja desalinhado ou toque alguma parte do corpo no solo a contagem será encerrada.
e) O objetivo é repetir os movimentos corretamente o máximo de vezes possíveis, em 60 (sessenta) segundos. O teste é iniciado com as palavras “Atenção... Já!” e terminado com a palavra “Pare!”. O número de movimentos executados corretamente em 60 (sessenta) segundos será o resultado obtido. O cronômetro deverá ser acionado ao ser pronunciada a palavra “Já” e travado na pronúncia de “Pare!”.
10.9.2. RESISTÊNCIA ABDOMINAL - O avaliado coloca-se em decúbito dorsal (de costas voltadas para o chão), com o corpo inteiramente estendido, bem como os braços, no prolongamento do corpo, acima da cabeça, tocando o solo com as costas das mãos. Através de contração da musculatura abdominal, sem qualquer outro auxílio, o avaliado adotará a posição sentada, flexionando simultaneamente os joelhos. É requisito para a execução correta do movimento que os braços sejam levados à frente estendidos e paralelos ao solo, e ainda que a linha dos cotovelos ultrapasse a linha dos joelhos durante a flexão. Em seguida, o avaliado retorna à posição inicial até que toque o solo com as mãos, completando um movimento, quando então poderá dar início à execução de novo movimento. O teste é iniciado com as palavras “Atenção... Já!” e terminado com a palavra “Pare!”. O número de movimentos executados corretamente em 60 (sessenta) segundos será o resultado obtido. O cronômetro deverá ser acionado ao ser pronunciada a palavra “Já” e travado na pronúncia de “Pare!”. É permitido o repouso entre os movimentos, sem interrupção da cronometragem do tempo previsto.
10.9.3. CORRIDA DE 50 METROS - O avaliado deve posicionar-se atrás da linha de largada, preferencialmente em afastamento ântero-posterior das pernas, devendo o pé da frente estar o mais próximo possível da referida linha. Ao ser dada a voz de comando “Atenção...Já!”, momento em que é acionado o cronômetro, o avaliado deverá percorrer, no menor período de tempo possível, os 50 (cinquenta) metros existentes entre a linha de largada e a linha de chegada. A marcha do cronômetro será interrompida quando o avaliado ultrapassar a linha de chegada com o tórax. O teste deve ser desenvolvido em pista de atletismo ou em área de superfície plana convenientemente demarcada. Caso ocorra a necessidade de se repetir o teste, haverá um intervalo mínimo de 5 (cinco) minutos. O resultado do teste será indicado pelo 13
tempo utilizado pelo avaliado para completar o percurso, com a precisão de centésimos de segundo.
10.9.4. CORRIDA EM 12 MINUTOS - O avaliado deve percorrer em uma pista de atletismo ou em uma área demarcada e plana, a maior distância possível, em 12 (doze) minutos, sendo permitido andar durante o teste. O teste terá início através da voz de comando “Atenção...Já!” e será encerrado através de dois silvos longos de apito no 12º minuto. Aos dez minutos de corrida será emitido um silvo longo de apito para fins de orientação aos avaliados, avisando que faltam dois minutos. Ao término da prova o candidato não deverá caminhar para frente do local correspondente ao apito de 12 minutos, podendo caminhar transversalmente ao percurso da pista.
10.10. Os desempenhos dos candidatos em cada teste de aptidão física serão transformados em pontos conforme tabela a seguir:
TESTES
IDADE/PONTOS
Corrida
Apoio de Frente
Abdominal
50 mts
12 minutos
De 21 a 25 anos
De 26 a 30 anos
De 31 a 35 anos
De 36 a 40 anos
41 anos ou mais
04
16
9”75
1500 m
0
0
0
0
0
06
18
9”50
1600 m
0
0
0
0
10
08
20
9”25
1700 m
0
0
0
10
20
10
22
9”00
1800 m
0
0
10
20
30
12
24
8”75
1900 m
0
10
20
30
40
14
26
8”50
2000 m
10
20
30
40
50
16
28
8”25
2100 m
20
30
40
50
60
18
30
8”00
2200 m
30
40
50
60
70
20
32
7”75
2300 m
40
50
60
70
80
22
34
7”50
2400 m
50
60
70
80
90
24
36
7”25
2500 m
60
70
80
90
100
26
38
7”00
2600 m
70
80
90
100
100
28
40
6”75
2700 m
80
90
100
100
100
30
42
6”50
2800 m
90
100
100
100
100
32
44
6”25
2900 m
100
100
100
100
100
10.11. A pontuação máxima possível para cada um dos 4 (quatro) testes é de 100 (cem) pontos, conforme estabelecido na tabela constante do subitem 10.10. deste Capítulo.
10.12. A interpolação de pontos, em relação à tabela constante do subitem 10.10. deste Capítulo, será feita da seguinte forma:
a) Flexo-extensão de cotovelos em apoio de frente sobre o solo: 5 (cinco) pontos por movimento completo;
b) Resistência abdominal: 5 (cinco) pontos por movimento completo;
c) Corrida de 50 metros: –1 (menos um ponto) a cada 0,025 (vinte e cinco milésimos) de segundo;
d) Corrida em 12 minutos: 1 (um) ponto para cada 10 (dez) metros percorridos.
10.13. O candidato que, em qualquer dos testes, não obtiver o índice mínimo (o que equivale a 10,00 pontos) será considerado eliminado, independentemente das demais pontuações.
10.14. Os testes serão realizados em um único dia, somente sendo considerado válido o resultado final obtido dessa forma.
XI – DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE E DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
11.1. A nota final dos candidatos aprovados para cada código de cargo/macrorregião em concurso será apurada na seguinte conformidade:
11.1.1. Média aritmética simples obtida da soma da nota da prova objetiva e da nota da prova de aptidão física.
11.1.2. Os candidatos habilitados serão classificados por ordem decrescente da nota final obtida.
11.1.3. Na hipótese de igualdade na nota final entre dois ou mais candidatos, serão aplicados, sucessivamente, os seguintes critérios de desempate ao candidato, observados os dados informados na ficha de inscrição:
14
11.1.3.1. com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, nos termos do § único, do artigo 27, da Lei Federal n° 10.741, de 1° de outubro de 2003, entre si e frente aos demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;
11.1.3.2. que obtiver a maior nota na prova de aptidão física;
11.1.3.2. que obtiver maior número de acertos nas questões de Conhecimentos Básicos;
11.1.3.3. que obtiver maior número de acertos nas questões de Língua Portuguesa;
11.1.3.4. mais idoso entre os candidatos com idade inferior a 60 (sessenta) anos.
11.2. Persistindo o empate, mesmo depois de aplicados os critérios de desempate previstos nos subitens 11.1.3.1. até 11.1.3.4. deste Capítulo, deverá ser feito sorteio na presença dos candidatos envolvidos.
11.3. As listas de classificação final serão elaboradas, por código de cargo/macrorregião em concurso, na seguinte conformidade:
11.3.1. lista geral, contendo todos os aprovados, inclusive os portadores de necessidades;
11.3.2. lista especial, contendo somente os portadores de necessidades especiais aprovados.

ANEXO I - DESCRIÇÃO DETALHADA DAS ATRIBUIÇÕES DO CARGO
Agente de Apoio Socioeducativo (Masculino) – Atuar de maneira pró-ativa perante o trabalho, buscando atitudes voltadas para a aplicação das medidas socioeducativas. Tomar ciência da situação da unidade, por meio da leitura do livro de ocorrência, da comunicação com os demais agentes na rendição do posto e com o Coordenador de Equipe. Obrigatoriamente, proceder à contagem dos adolescentes em toda passagem de plantão. Cumprir criteriosamente a designação de postos de serviço, respondendo pelo cumprimento das atribuições pertinentes aos postos em que for escalado. Cumprir o horário de escala com assiduidade e somente ausentar-se do posto após receber rendição e ou mediante autorização do superior imediato. Acompanhar a rotina diária do adolescente, tanto no que se refere à sua higienização, alimentação, saúde, quanto à conservação das condições ambientais adequadas ao desenvolvimento das atividades educacionais. Realizar, quando determinado, revista nas instalações físicas das Unidades. Solicitar ao superior imediato a realização de revista na Unidade, quando observar razões fundamentadas para tal. Acompanhar e auxiliar no desenvolvimento das atividades educacionais, nas dependências internas ou externas das Unidades. Participar do processo de acolhimento dos adolescentes da sua chegada à desinternação, orientando-os quanto às normas disciplinares e de convivência das Unidades. Acompanhar os adolescentes em atividades de transferências, audiências, atendimento médico/hospitalar, atividades sociais autorizadas, entre outras. Garantir as condições ideais de segurança e proteção dos profissionais e adolescentes de forma ininterrupta, de acordo com o artigo 125 do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, por meio de acompanhamento, observação e contenção, quando necessário, visando evitar tentativas de fuga individuais ou coletivas e movimentos de indisciplina. Zelar pelo uso adequado dos materiais em geral e dos recursos utilizados nas atividades educativas, bem como da preservação predial. Participar do processo de planejamento e organização das festividades, eventos e atividades desenvolvidas pelas Unidades. Participar da segurança externa das Unidades, zelando pelo patrimônio público e evitando entrada de objetos que possam comprometer a segurança. Realizar, de forma sistemática, revista individual nos adolescentes, servidores, bem como nos familiares, quando necessário, garantindo assim segurança e proteção. Participar de reuniões multidisciplinares, setoriais ou por convocação, a fim de favorecer o desenvolvimento da equipe e do adolescente quanto ao seu processo sócioeducativo. Solicitar ao superior imediato a possibilidade de realização de reuniões, para tratar de estratégias profissionais, quando observar razão fundamentada para tal. Sempre que necessário, relatar em formulário próprio quaisquer irregularidades que presenciar ou tiver conhecimento, representando as informações ao superior imediato. Sempre que necessário, compor Grupo de Apoio, para realização de ações coletivas devidamente comandadas e organizadas. Participar dos processos de educação continuada oferecidos pela Fundação, objetivando a sua capacitação e desenvolvimento profissional. Dar continuidade aos processos de educação continuada, apropriando-se dos documentos vigentes na Fundação, principalmente os que dizem respeito às leis, à socioeducação e à área de segurança, buscando otimizar seus conhecimentos. Executar outras atividades, no campo da segurança e disciplina, determinadas por autoridade competente pertinente ao setor pedagógico, de acordo com as orientações do Coordenador Pedagógico. Participar de processos de educação continuada oferecidos pela Fundação.
18
ANEXO II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1) Língua Portuguesa – Interpretação de texto. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das palavras.
2) Matemática – Operações com números reais. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. Razão e proporção. Porcentagem. Regra de três simples e composta. Média aritmética simples e ponderada. Juro simples. Equação do 1.º e 2.º graus. Sistema de equações do 1.º grau. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Sistemas de medidas usuais. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de Pitágoras. Raciocínio lógico. Resolução de situações-problema.
3) Conhecimentos Básicos – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) Livro I - Título I - Das Disposições Preliminares - Título II - Dos Direitos Fundamentais. - Capítulo I - Do Direito à Vida e à Saúde - Capítulo II - Do Direito à liberdade, ao respeito e à dignidade – Capítulo IV Do Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer – Capítulo V – Do Direito à Profissionalização e à Proteção no Trabalho - Livro II - Título I - Da política de atendimento - Capítulo I - Das Disposições Gerais - Capítulo II - Das Entidades de Atendimento - Título III - Da Prática de Ato Infracional - Capítulo I - Das Disposições Gerais - Capítulo II - Dos Direitos Individuais - Capítulo III - Das Garantias Processuais - Capítulo IV - Das Medidas Socioeducativas - Capítulo V - Da Remissão - Título V - Do Conselho Tutelar - Capítulo I - Das Disposições Gerais - Capítulo II - Das Atribuições do Conselho - Capítulo III - Da Competência - Título VI - Do Acesso à Justiça - Capítulo I - Das Disposições Gerais - Capítulo II - Da Justiça da Infância e da Juventude - Capítulo III - Dos Procedimentos - Seção V - Da Apuração do Ato Infracional atribuído a adolescente - Seção VI - Da Apuração de Irregularidades em Entidades de Atendimento - Capítulo V - Do Ministério Público - Capítulo VI - Do Advogado; Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE); Constituição Federal: Título II – Dos Direitos e Garantias Fundamentais – Capítulos I até o III – do art. 5º até o 13 - Título III – Da organização do Estado – Capítulo VII – Da Administração Pública – do artigo 37 até o 41 - Título VIII – Da Ordem Social – Capítulo VII.
ANEXO III – ENDEREÇOS
1) Fundação CASA/SP:
Endereço completo: Rua Florêncio de Abreu, 848 – Térreo – São Paulo – SP
Horário de atendimento: das 9 às 16 horas – dias úteis
Site: www.casa.sp.gov.br
2) Fundação VUNESP:
Endereço completo: Rua Dona Germaine Burchard, 515 – Perdizes – São Paulo/SP
CEP 05002-062
Horário de atendimento: das 9 às 16 horas – dias úteis
Telefone: (11) 3874-6300.
Site: www.vunesp.com.br.
19
20
ANEXO IV
DECLARAÇÃO PARA CANDIDATO DESEMPREGADO
D E C L A R A Ç Ã O
Eu, ___________________________________ , RG nº ____________ , CPF n° ______________, DECLARO, sob pena das sanções cabíveis, para fins de concessão de redução de pagamento do valor da taxa de inscrição, prevista na Lei n° 12.782, de 20.12.2007, publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo de 21.12.2007, e no Edital de Abertura de Inscrições nº 001/2010, da FUNDAÇÃO CASA/SP, que me encontro na condição de desempregado.
________________, ____ de _______________ de 2010
________________________________________
assinatura do candidato
E, para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém possa alegar desconhecimento, é expedido o presente Edital.
São Paulo, 10 de setembro de 2010

Sertãozinho / Vunesp

Sertãozinho
A Prefeitura de Sertãozinho recebe inscrições para 86 vagas para cargos da saúde, com opção para níveis médio e superior. Os candidatos deverão se inscrever pela Internet, neste site, até 8 de outubro, mediante pagamento de taxa de R$ 40,00 (cargos de nível médio) ou R$ 70,00 (superior).

domingo, 19 de setembro de 2010

Prefeitura de Diadema - Inscrições de 20/9 a 22/10

2. Os cargos, número de vagas, requisitos exigidos, vencimentos e carga horária são os estabelecidos na
tabela que segue:
DENOMINAÇÃO DOS
CARGOS VAGAS
VAGAS
RESERVADAS
PARA
PORTADORES
DE
NECESSIDADES
REQUISITOS VENCIMENTOS
SETEMBRO/2010
CARGA
HORÁRIA
Ag. Fiscal II - Fiscal
Mun. -
Transportes/Trânsito
Cadastro
Reserva -- Ensino Médio Completo ou
Equivalente R$ 1.963,63 40

Ag. Fiscal II-Fiscal
Mun.-Meio
Amb/Seg.Alimentar
Cadastro
Reserva -- Ensino Médio Completo ou
equivalente R$ 1.963,63 40
2

Agente Administrativo II
- Escriturário 47 3 Ensino Médio Completo ou
equivalente R$ 1.135,92 40

Agente de Biblioteca 4 1 Ensino Médio Completo ou
equivalente R$ 1.329,21 40

Agente de
Comunicação - Ag.
Cultura
2 1 Ensino Médio Completo ou
equivalente R$ 1.699,65 40

Agente de Serviços II -
Borracheiro 2 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 810,59 40

Agente Serv. Cozinha II
- Cozinheiro 2 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 888,89 40

Agente Serviço
Funerário I 2 1 Alfabetizado (com no mínimo a
1ª série concluída) R$ 736,57 40

Agente Serv.Funerário
III - Aux. Necrópsia 2 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 888,89 40

Agente Serviços Gerais 47 3 Alfabetizado (com no mínimo a
1ª série concluída) R$ 640,23 40

Analista de O & M 1 -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Analista de Recursos
Humanos 1 -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Analista de Sistemas -
Banco de Dados e
Administração de
Dados
Cadastro
Reserva -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Analista de Sistemas -
Programação - Net/VB,
ASP/C#, JAVA/PHP
Cadastro
Reserva -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Analista de Sistemas -
Programação Visual e
Web
Cadastro
Reserva -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Analista de Sistemas -
Suporte
Cadastro
Reserva -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Armador 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 810,59 40

Arquiteto de Trânsito 1 1
Curso Superior Completo e
Registro no Conselho Regional
de Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30

Assist. em Enferm. II -
Téc. em Enfermagem
do Trabalho
1 1
Curso Técnico em Enfermagem,
Curso de Qualificação de Téc. de
Enf. do Trabalho e registro no
Conselho Regional de
Enfermagem
R$ 1.699,65 40
Assist. em Enferm. II -
Técnico em
Enfermagem
110 6
Curso Técnico em Enfermagem e
registro no Conselho Regional de
Enfermagem
R$ 1.699,65 40
Assistente Cultural 1 -- Curso Superior Completo R$ 2.736,10 30

Assistente Social 4 1
Curso Superior Completo e
Registro no Conselho Regional
de Serviço Social
R$ 2.736,10 30

Atendente de
Consultório Dentário 1 --
Ensino Fundamental Completo e
Registro no Conselho Regional
de Odontologia como A.C.D.
R$ 1.329,21 40

Carpinteiro 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 810,59 40

Desenhista Projetista 1 -- Ensino Médio Completo ou
Equivalente R$ 1.699,65 40

Eletricista 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 966,97 40

Eletricista de Veículos 1 -- 4ª série do Ensino Fundamental R$ 966,97 40

Encanador 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 966,97 40

Engenheiro - Agrônomo Cadastro
Reserva --
Curso Superior Completo e
Registro no Conselho Regional
de Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30
3

Engenheiro - Civil de
Obras 1 1
Curso Superior Completo e
registro no Conselho Regional de
Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30
Engenheiro - Civil de
Projetos 1 --
Curso Superior Completo e
registro no Conselho Regional de

Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30
Engenheiro - Meio
Ambiente
Cadastro
Reserva --
Curso Superior Completo e
registro no Conselho Regional de

Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30

Engenheiro - Segurança
do Trabalho
Cadastro
Reserva --

Curso Superior Completo,
Registro no Conselho Regional
de Engenharia e Arquitetura e
Curso de especialização em
Segurança do Trabalho
R$ 2.736,10 30
Engenheiro -
Telecomunicações e
Rede
Cadastro
Reserva --
Curso Superior Completo e
Registro no Conselho Regional
de Engenharia e Arquitetura
R$ 2.736,10 30

Funileiro 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 1.047,71 40

Guarda Civil Patrimonial 19 1 Ensino Fundamental Completo R$ 966,97 40
Jardineiro Cadastro
Reserva -- Alfabetizado (com no mínimo o
1º ano concluído) R$ 736,57 40

Mecânico II -
Mec.Maquinas Pesadas 1 1 4ª série do Ensino Fundamental R$ 1.200,21 40

Motorista III 9 1
4ª série do Ensino Fundamental
e ser portador da Carteira
Nacional de Habilitação - Modelo
D
R$ 1.047,71 40

Operador de Máquinas
Pesadas 1 --
4ª série do Ensino Fundamental
e ser portador da Carteira
Nacional de Habilitação - Modelo
D
R$ 1.200,21 40
Pedreiro 2 1 Alfabetizado (com no mínimo a
1ª série concluída) R$ 810,59 40

Serralheiro Cadastro
Reserva -- 4ª série do Ensino Fundamental R$ 966,97 40

Sociólogo 1 --
Curso Superior Completo e
Registro no Ministério do
Trabalho
R$ 2.736,10 30

Técnico Agrícola Cadastro
Reserva -- Curso Técnico em Agricultura
equivalente ao 2º grau R$ 1.699,65 40

Técnico em
Agrimensura 1 --
Ensino Médio Completo com
Registro no Conselho Regional
de Engenharia e Arquitetura
R$ 1.699,65 40

Técnico em Edificações 1 -- Curso Técnico em Edificações R$ 1.699,65 40

Técnico em Higiene
Dental 2 1
Ensino Médio Completo e
Registro no Conselho Regional
de Odontologia como T.H.D.
R$ 1.699,65 40

Técnico em Telefonia 1 -- Ensino Médio Completo R$ 1.699,65 40

Vidraceiro 1 -- Alfabetizado (com no mínimo a
1ª série concluída) R$ 736,57 40

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA - OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA E AGENTE TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA.

AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA - OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA E AGENTE TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA.
A DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAL DA AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA DO GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso de suas atribuições legais, e conforme a Portaria nº 85, de 2 de março de 2010, expedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, estabelece as normas e torna pública a abertura de inscrições para o concurso público destinado a selecionar candidatos para o provimento de vagas nos cargos de Oficial Técnico de Inteligência e de Agente Técnico de Inteligência, integrantes do Plano de Carreiras e Cargos da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), estruturado pela Lei nº 11.776, de 17 de setembro de 2008, regidos pelo Regime Jurídico estabelecido pela Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações, em conformidade com as Instruções Normativas nº 006-ABIN/GSIPR, nº 007-ABIN/GSIPR e nº 008-ABIN/GSIPR, de 01 de setembro de 2010, todas publicadas no Diário Oficial da União, em 3 de setembro de 2010, e mediante as condições estabelecidas neste edital.

Cargo
Oficial Técnico De Inteligência
Agente Técnico De Inteligência


Vagas
Oficial Técnico de Inteligência - 50 VAGAS
Agente Técnico de Inteligência - 30 VAGAS

Remuneração
Oficial Técnico de Inteligência - R$ 10.216,12
Agente Técnico de Inteligência - R$ 4.211,04.

Inscrições
Taxa:Oficial Técnico de Inteligência: R$ 100,00.
Agente Técnico de Inteligência: R$ 64,00.


Horário:Será admitida a inscrição exclusivamente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 13 de setembro de 2010 e 23 horas e 59 minutos do dia 4 de outubro de 2010, observado o horário oficial de Brasília/DF.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Prova Oficial Técnico do MPU 12 09 2010

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO
CONCURSO PÚBLICO NÍVEL MÉDIO
CARGO
TÉCNICO ADMINISTRATIVO
Provas Objetivas e Discursiva
46
LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.
1 Confira atentamente se os seus dados pessoais, transcritos acima, estão corretos e coincidem com o que está
registrado na sua folha de respostas e na sua folha de texto definitivo da prova discursiva. Confira também
o seu nome em cada página numerada deste caderno de provas. Em seguida, verifique se ele contém a
quantidade de itens indicada em sua folha de respostas, correspondentes às provas objetivas, e a prova discursiva
acompanhada de espaço para rascunho. Caso o caderno esteja incompleto, tenha qualquer defeito, ou apresente
divergência quanto aos dados pessoais, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis, pois
não serão aceitas reclamações posteriores nesse sentido.
2 Quando autorizado pelo chefe de sala, no momento da identificação, escreva, no espaço apropriado da folha de
respostas, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase:
Conforme previsto em edital, o descumprimento dessa instrução implicará a anulação da sua prova e a sua eliminação
do concurso.
3 Durante a realização das provas, não se comunique com outros candidatos nem se levante sem autorização do fiscal
de sala. Nesse período, também não será permitido o empréstimo de qualquer material entre candidatos, mesmo
entre os que já tenham terminado as provas.
4 Na duração das provas, está incluído o tempo destinado à identificação — que será feita no decorrer das provas —,
ao preenchimento da folha de respostas e à transcrição do texto definitivo da prova discursiva para a folha de texto
definitivo.
5 Ao terminar as provas, chame o fiscal de sala mais próximo, devolva-lhe a sua folha de respostas e a sua folha de
texto definitivo e deixe o local de provas.
6 A desobediência a qualquer uma das determinações constantes em edital, no presente caderno, na folha de respostas
ou na folha de texto definitivo da prova discursiva poderá implicar a anulação das suas provas.
OBSERVAÇÕES
• Não serão conhecidos recursos em desacordo com o estabelecido em edital.
• Informações adicionais: telefone 0(XX) 61 3448-0100; Internet — www.cespe.unb.br.
• É permitida a reprodução deste material apenas para fins didáticos, desde que citada a fonte.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 1 –
• De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo
designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO.
A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa.
Para as devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas provas objetivas.
• Nos itens que avaliam conhecimentos de informática, a menos que seja explicitamente informado o contrário, considere que todos os
programas mencionados estão em configuração-padrão, em português; e que não há restrições de proteção, de funcionamento e de uso
em relação aos programas, arquivos, diretórios, recursos e equipamentos mencionados.
CONHECIMENTOS BÁSICOS
1 A recuperação econômica dos países desenvolvidos
começou perigosamente a perder fôlego. A reação dos
indicadores de atividade na zona do euro, que já não eram
4 robustos ou mesmo convincentes, é agora algo semelhante à
paralisia. Os Estados Unidos da América cresceram a uma taxa
superior a 3% em 12 meses, mas a maioria dos analistas aposta
7 que a economia americana perderá força no segundo semestre.
O corte de 125 mil empregos em junho indica que a esperança
de gradual retomada do crescimento do mercado de trabalho no
10 curto prazo era prematura e não deverá se concretizar. As
razões para esse estancamento encontram-se no comportamento
do polo dinâmico da economia mundial, os países emergentes,
13 cujo desenvolvimento econômico começou a desacelerar —
ainda que a partir de taxas exuberantes de expansão.
Valor Econômico, Editorial, 6/7/2010 (com adaptações).
Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto, julgue os
itens a seguir.
1 As expressões “começou perigosamente a perder fôlego” (R.2)
e “começou a desacelerar” (R.13), empregadas em sentido
figurado, são equivalentes quanto ao sentido e sugerem que, no
atual contexto mundial, caracterizado pela economia
globalizada, não há esperança de crescimento da oferta de
emprego no curto prazo.
2 Se o verbo da oração “mas a maioria dos analistas aposta” (R.6)
estivesse flexionado no plural — apostam —, o período
estaria incorreto, visto que, de acordo com a prescrição
gramatical, a concordância verbal, em estrutura dessa natureza,
deve ser feita com o termo “maioria”.
3 Na linha 10, o deslocamento do pronome “se” para
imediatamente após a forma verbal “concretizar” — não
deverá concretizar-se — não prejudicaria a correção
gramatical do texto.
4 Infere-se das informações do texto que os países emergentes
são considerados o polo dinâmico da economia mundial e deles
dependem a velocidade e a força da recuperação da economia
de países desenvolvidos.
5 No trecho “cujo desenvolvimento econômico (...) expansão”
(R.13-14), identifica-se relação de causa e consequência entre
a construção sintática destacada com travessão e a oração que
a antecede.
1 Para a maioria das pessoas, os assaltantes, assassinos e
traficantes que possam ser encontrados em uma rua escura da
cidade são o cerne do problema criminal. Mas os danos que tais
4 criminosos causam são minúsculos quando comparados com os
de criminosos respeitáveis, que vestem colarinho
branco e trabalham para as organizações mais poderosas.
7 Estima-se que as perdas provocadas por violações das leis
antitrust — apenas um item de uma longa lista dos principais
crimes do colarinho branco — sejam maiores que todas as
10 perdas causadas pelos crimes notificados à polícia em mais de
uma década, e as relativas a danos e mortes provocadas por esse
crime apresentam índices ainda maiores. A ocultação, pela
13 indústria do asbesto (amianto), dos perigos representados por
seus produtos provavelmente custou tantas vidas quanto as
destruídas por todos os assassinatos ocorridos nos Estados
16 Unidos da América durante uma década inteira; e outros
produtos perigosos, como o cigarro, também provocam, a cada
ano, mais mortes do que essas.
James William Coleman. A elite do crime. 5.ª ed.,
São Paulo: Manole, 2005, p. 1 (com adaptações).
Considerando as ideias e aspectos linguísticos desse texto, julgue
os itens que se seguem.
6 Conclui-se da leitura do texto que os efeitos das ações de
criminosos de rua não são, de fato, tão danosos à sociedade
quanto os das ações praticadas por criminosos de colarinho
branco.
7 Sem prejuízo para a coerência textual e a correção gramatical,
o trecho “Mas os danos (...) minúsculos”, que inicia o segundo
período do texto, poderia ser substituído por: Embora os
danos causados por esses criminosos sejam ínfimos (...).
8 No segmento “quanto as destruídas” (R.14-15), o emprego do
acento grave é facultativo, visto que o termo “quanto” rege
complemento com ou sem a preposição a.
9 Não haveria prejuízo para o sentido original do texto nem para
a correção gramatical caso a expressão “a cada ano” (R.17-18)
fosse deslocada, com as vírgulas que a isolam, para
imediatamente depois de “e” (R.16).
10 Pela leitura do texto, conclui-se que, nos Estados Unidos da
América, os efeitos anuais do tabagismo são mais danosos que
os de uma década de violência urbana somados aos do uso de
produtos fabricados com amianto.
11 A correção gramatical e a coerência do texto seriam
preservadas se a oração “que possam ser encontrados em uma
rua escura da cidade” (R.2-3) estivesse entre vírgulas.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 2 –
1 A pobreza é um dos fatores mais comumente responsáveis
pelo baixo nível de desenvolvimento humano e pela origem de
uma série de mazelas, algumas das quais proibidas por lei ou
4 consideradas crimes. É o caso do trabalho infantil. A chaga
encontra terreno fértil nas sociedades subdesenvolvidas, mas
também viceja onde o capitalismo, em seu ambiente mais
7 selvagem, obriga crianças e adolescentes a participarem do
processo de produção. Foi assim na Revolução Industrial de
ontem e nas economias ditas avançadas. E ainda é, nos dias de
10 hoje, nas manufaturas da Ásia ou em diversas regiões do Brasil.
Enquanto, entre as nações ricas, o trabalho infantil foi
minimizado, já que nunca se pode dizer erradicado, ele continua
13 sendo grave problema nos países mais pobres.
Jornal do Brasil, Editorial, 1.º/7/2010 (com adaptações).
Com relação aos sentidos e estruturas linguísticas do texto, julgue
os itens subsequentes.
12 Estariam preservadas a coerência textual e a correção
gramatical se a expressão Não obstante fosse inserida, com os
devidos ajustes de maiúsculas e minúsculas e seguida de
vírgula, antes da palavra “Enquanto” (R.11), obtendo-se: Não
obstante, enquanto, entre (...) mais pobres.
13 A expressão “das quais” (R.3) pode ser suprimida do período
sem prejuízo da correção gramatical ou da coerência do texto.
14 A palavra “chaga” (R.4), empregada com o sentido de ferida
social, refere-se, na estrutura sintática do parágrafo, a
“pobreza” (R.1).
15 Na linha 7, o emprego de preposição em “a participarem” é
exigido pela regência da forma verbal “obriga”.
Nos itens a seguir, são apresentados trechos adaptados de jornal de
grande circulação. Julgue-os quanto à correção gramatical.
16 A legislação brasileira proíbe que menores de catorze anos
trabalhem, mas, segundo dados do Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE), havia, em 2008, um total de
993 mil crianças entre cinco e treze anos nessa situação. Em
uma faixa etária mais ampla, até dezessete anos, quando se
espera que os jovens ainda estejam estudando, foram
contabilizados, ao todo, 4,5 milhões de crianças e adolescentes
no exercício de algum tipo de trabalho.
17 Visto apenas pelo ângulo econômico, o problema da
exploração da mão de obra infantil, é ao mesmo tempo reflexo
e impecílio para o desenvolvimento. Quando crianças e
adolescentes deixam de estudar para entrar precocemente no
mercado de trabalho, trocam um futuro mais promissor pelo
ganho imediato.
18 Vista como uma questão social, a exploração do trabalho
infantil subtrai do ser humano uma das fases mais importantes
para o seu crescimento: época de descobertas, de acúmulo de
conhecimento e de preparo para a vida adulta. Um crime
irremediável.
19 Graças à políticas públicas realizadas nos últimos anos, como
o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), do
governo federal, as taxas de crianças e adolescentes que
trabalham no país vem registrando quedas acentuadas. Mesmo
assim, o problema ainda preocupa, pela sua extensão.
1 As projeções sobre a economia para os próximos dez anos
são alentadoras. Se o Brasil mantiver razoável ritmo de
crescimento nesse período, chegará ao final da próxima década
4 sem extrema pobreza. Algumas projeções chegam a apontar o
país como a primeira das atuais nações emergentes em
condições de romper a barreira do subdesenvolvimento e
7 ingressar no restrito mundo rico.
Tais previsões baseiam-se na hipótese de que o país vai
superar eventuais obstáculos que impediriam a economia de
10 crescer a ritmo continuado de 5% ao ano, em média. Para
realizar essas projeções, o Brasil precisa aumentar a sua
capacidade de poupança doméstica e investir mais para ampliar
13 a oferta e se tornar competitivo.
No lugar de alta carga tributária e estrutura de impostos
inadequada, o país deve priorizar investimentos que expandam
16 a produção e contribuam simultaneamente para o aumento de
produtividade, como é o caso dos gastos com educação. É dessa
forma que são criadas boas oportunidades de trabalho,
19 geradoras de renda, de maneira sustentável.
O Globo, Editorial, 12/7/2010 (com adaptações).
Com relação às ideias e aspectos linguísticos do texto, julgue os
itens seguintes.
20 Pelas estruturas sintáticas, escolhas lexicais e modo de
organização das ideias, conclui-se que predomina, no texto, o
tipo textual narrativo.
21 A ausência de vírgula logo após o termo “investimentos” (R.15)
permite concluir que, segundo o autor do texto, é necessário
que, no Brasil, sejam priorizados investimentos voltados para
a expansão da produção e para o aumento da produtividade.
22 As formas verbais “expandam” (R.15) e “contribuam” (R.16)
foram empregadas no modo subjuntivo porque estão inseridas
em segmento de texto que trata de fatos incertos, prováveis ou
hipotéticos.
23 Subentende-se das informações do texto que a aplicação
prioritária de recursos em educação acarretaria simultânea
queda da carga tributária.
24 Infere-se da leitura do texto que o autor considera que o Brasil
precisa reformular a estrutura de impostos, que é inadequada,
e rever a carga tributária, que é alta.
25 Depreende-se da leitura do texto que o Brasil, em uma década,
será membro do grupo dos países ricos.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 3 –
Acerca do ambiente Windows e das ferramentas a ele associadas,
julgue os itens a seguir.
26 Suponha que um usuário do MS Word 2003 e do MS Excel
2007 deseje inserir, em uma planilha do Excel, uma tabela
numérica composta de 100 linhas e 20 colunas, criada em um
documento de texto do Word. Nessa situação, o objetivo do
usuário será atingido por meio do seguinte procedimento:
selecionar toda a tabela no documento Word; pressionar a tecla
e, mantendo-a pressionada, pressionar , liberando-as
em seguida; abrir o documento do Excel; clicar a célula A1;
pressionar a tecla e, mantendo-a pressionada, pressionar
, liberando-as em seguida.
27 Os operadores aritméticos do MS Excel 2007 para
multiplicação, divisão, potenciação e porcentagem são,
respectivamente, * , / , ^ e % .
28 Na área de transferência do Windows XP, ficam armazenados,
por padrão, atalhos para alguns aplicativos úteis, como o
Gerenciador de Arquivos, Meu Computador, Meus Locais de
Rede e Lixeira, podendo o usuário criar outros atalhos que
desejar.
29 Para efetuar as ações Minimizar ou Restaurar abaixo em uma
janela de programa aberto no Windows XP, o usuário poderá
clicar, respectivamente, o botão ou o botão ,
ambos localizados no canto superior direito da janela em uso.
30 Clicando-se o botão e selecionando-se o modo Detalhes
para a exibição de arquivos e pastas, o Windows Explorer
exibirá os detalhes gráficos da primeira página de cada
documento existente na pasta selecionada, permitindo ao
usuário visualizar o conteúdo de um documento mesmo antes
de abri-lo.
31 No MS Word 2003, é possível inserir um texto no cabeçalho
e no rodapé de todas as páginas de um documento em edição
por meio do seguinte procedimento: seleciona-se o conteúdo
do texto a ser inserido e importa-se essa seleção para
Cabeçalho e Rodapé, na opção Importar para Todas as
Páginas, o que faz que o texto selecionado se repita em todas
as páginas do documento.
A respeito de Internet e intranet, julgue os itens subsequentes.
32 O acesso autorizado à intranet de uma instituição restringe-se
a um grupo de usuários previamente cadastrados, de modo que
o conteúdo dessa intranet, supostamente, por vias normais, não
pode ser acessado pelos demais usuários da Internet.
33 Um modem ADSL permite que, em um mesmo canal de
comunicação, trafeguem sinais simultâneos de dados e de voz.
Por isso, com apenas uma linha telefônica, um usuário pode
acessar a Internet e telefonar ao mesmo tempo.
Acerca de conceitos básicos de segurança da informação, julgue os
itens seguintes.
34 De acordo com o princípio da disponibilidade, a informação só
pode estar disponível para os usuários aos quais ela é
destinada, ou seja, não pode haver acesso ou alteração dos
dados por parte de outros usuários que não sejam os
destinatários da informação.
35 É recomendável que, entre as medidas de segurança propostas
para gerenciar um ambiente automatizado, seja incluída a
instalação, em rede, de ameaças que possam servir de
armadilhas para usuários mal-intencionados, como criptografia,
algoritmos, assinatura digital e antivírus.
36 Cavalo de Troia é exemplo de programa que atua na proteção
a um computador invadido por hackers, por meio do
fechamento de portas, impedindo o controle remoto do
sistema.
No que se refere ao BrOffice, julgue os próximos itens.
37 A opção Estrutura de tópicos do menu Exibir do Impress
permite fazer a conversão de um texto que foi digitado em
forma de parágrafos dentro da caixa para a exibição em forma
de tópicos, construídos a partir de cada frase isolada por um
ponto final.
38 O formato padrão de arquivos criados no aplicativo Writer do
BrOffice possui a terminação ODT, que é um dos formatos do
Open Document Format.
39 Para facilitar a publicação de arquivos na Internet, usuários do
aplicativo Impress podem visualizar uma apresentação de
slides em forma de arquivo HTML por meio da opção
Visualizar no Navegador da Web, disponível no menu Arquivo.
A organização, as atribuições e o estatuto do Ministério Público da
União (MPU) estão claramente dispostos em legislação específica.
Acerca dos princípios e das funções da referida instituição e dos
seus membros, julgue os itens que se seguem.
40 É prerrogativa processual do procurador-geral da República ser
processado e julgado, nos crimes comuns, pelo Supremo
Tribunal Federal.
41 No exercício de sua autonomia funcional, administrativa e
financeira, cabe ao MPU propor ao Poder Legislativo a criação
e a extinção de seus cargos, assim como a fixação dos
vencimentos dos seus membros e servidores.
42 Na defesa dos direitos constitucionais do cidadão, o
procurador-geral da República representa ao poder competente
para a promoção da responsabilidade nos casos comprovados
de omissões inconstitucionais.
43 Para exercer o controle externo da atividade policial, o MPU
emprega meios estritamente judiciais e só pode representar à
autoridade competente requerendo a instauração de inquérito.
44 A fiscalização das atividades funcionais e de conduta dos
membros do MPU é incumbência da Corregedoria do
Ministério Público Militar.
Acerca da autonomia, da estrutura e do funcionamento do MPU,
julgue os itens a seguir.
45 É atribuição do procurador-geral da República propor ao
presidente da República os projetos de lei de interesse do
MPU.
46 A estrutura completa do MPU é constituída por: Ministério
Público Federal e Ministério Público do Distrito Federal e
Territórios.
A respeito dos princípios fundamentais, das garantias fundamentais
e da aplicabilidade das normas constitucionais, julgue os itens a
seguir.
47 As normas de eficácia plena não exigem a elaboração de novas
normas legislativas que lhes completem o alcance e o sentido
ou lhes fixem o conteúdo; por isso, sua aplicabilidade é direta,
ainda que não integral.
48 A Constituição Federal de 1988 apresenta os chamados
princípios fundamentais da República Federativa do Brasil,
que incluem referências a sua forma de Estado, forma de
governo e regime político. Deduz-se do texto constitucional
que a República Federativa do Brasil é um Estado de Direito,
o que limita o próprio poder do Estado e garante os direitos
fundamentais dos particulares.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 4 –
A respeito da organização político-administrativa do Estado e da
administração pública, julgue os itens que se seguem, à luz da
Constituição Federal de 1988 (CF).
49 De acordo com a CF, cargos, empregos e funções públicas são
acessíveis somente a brasileiros que preencham os requisitos
estabelecidos em lei, não havendo, portanto, a possibilidade de
obtenção de emprego público por estrangeiros.
50 Considere que determinado estado da Federação tenha obtido
aprovação tanto de sua população diretamente interessada, por
meio de plebiscito, como do Congresso Nacional, por meio de
lei complementar, para se desmembrar em dois estados
distintos. Nesse caso, foi cumprida a exigência imposta pela
Constituição para incorporação, subdivisão, desmembramento
ou formação de novos estados ou territórios federais.
A respeito do Poder Legislativo, do Poder Judiciário e das funções
essenciais à justiça, julgue os seguintes itens.
51 São funções essenciais à justiça as do Ministério Público, da
advocacia pública, da advocacia privada e da defensoria
pública.
52 O Supremo Tribunal Federal (STF) cumpre, entre outras, a
função de órgão de cúpula do Poder Judiciário, e a ele cabe a
iniciativa de, por meio de lei ordinária, dispor sobre o Estatuto
da Magistratura.
53 O Poder Legislativo opera por meio do Congresso Nacional,
instituição bicameral composta pela Câmara dos Deputados e
pelo Senado Federal. Salvo disposição constitucional em
contrário, as deliberações de cada Casa e de suas comissões
serão tomadas por maioria dos votos, presente a maioria
absoluta de seus membros.
Acerca dos serviços públicos, julgue o item a seguir.
54 Um dos princípios que regem a prestação de todas as
modalidades de serviço público é o princípio da generalidade,
segundo o qual os serviços públicos não devem sofrer
interrupção.
Com relação a contratos administrativos e licitações, julgue os itens
a seguir, à luz da Lei n.º 8.666/1993.
55 Considere que o governo de determinado estado-membro da
Federação tenha realizado licitação, na modalidade convite,
para contratar um escritório de contabilidade para
desempenhar atividades contábeis gerais, mas não tenha havido
interessados. Nesse caso, é permitida a contratação com
dispensa de licitação, desde que observados os requisitos
legais.
56 Considere que a administração pública e determinada
construtora firmem contrato, regido pela Lei n.º 8.666/1993,
para reformar o edifício-sede de uma autarquia federal, e que,
em certo momento, a administração decida solicitar a
ampliação da reforma em 60%. Nessa situação, de acordo com
a referida lei, a construtora contratada é obrigada a aceitar o
acréscimo solicitado, haja vista a supremacia do interesse
público e a prerrogativa da administração de alterar
unilateralmente as cláusulas dos contratos por ela firmados.
57 A duração de contratos regidos pela Lei de Licitações está
limitada à vigência dos créditos orçamentários referentes a tais
contratos. A única exceção feita por essa lei são os projetos
cujos produtos estejam contemplados nas metas estabelecidas
no plano plurianual, os quais podem ser prorrogados se houver
interesse da administração.
Com relação ao cargo, ao emprego e à função dos servidores
públicos e à Lei n.º 8.112/1990, julgue os itens subsequentes.
58 As pessoas com qualquer tipo de deficiência física têm
garantido o direito de se inscrever em concurso público para
provimento de cargo cujas atribuições sejam compatíveis com
a deficiência de que são portadoras, além da reserva de, pelo
menos, 25% das vagas oferecidas no concurso.
59 Os servidores temporários, ao serem contratados por tempo
determinado para atender à necessidade temporária de
excepcional interesse público, exercem função pública e,
portanto, passam a estar vinculados a emprego público.
A respeito do processo administrativo (Lei n.º 9.784/1999), julgue
o item abaixo.
60 De acordo com a Lei n.º 9.784/1999, entidade é a unidade de
atuação dotada de personalidade jurídica, enquanto autoridade
é o servidor ou agente público dotado de poder de decisão.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 5 –
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
Julgue os itens seguintes, relativos a tipos de estrutura
organizacional, natureza e finalidades das organizações formais
modernas.
61 Os órgãos de assessoria da organização em estrutura linha-staff
exercem autoridade de linha sobre os colaboradores dos
demais setores, com o intuito de alcançar os objetivos
organizacionais.
62 A estrutura matricial é indicada para organizações que lidam
com projetos específicos.
63 A organização estruturada de forma simples e centralizada em
torno de uma autoridade máxima adota estrutura funcional.
64 Chefias generalistas, estabilidade e constância nas relações são
características próprias da estrutura organizacional linear.
Acerca de departamentalização, julgue os itens que se seguem.
65 A departamentalização por clientes atende de forma mais
apropriada a organização cujos objetivos principais sejam o
lucro e a produtividade.
66 O enfraquecimento da especialização constitui uma
desvantagem da departamentalização geográfica.
67 A departamentalização por produto permite uma visão única
acerca da organização e o controle eficaz sobre seu conjunto.
68 A departamentalização funcional é adequada para o
desenvolvimento de atividades continuadas e rotineiras em que
sejam utilizados recursos especializados.
69 A departamentalização por processos favorece a rápida
adaptação da empresa às mudanças organizacionais.
70 De acordo com um dos princípios da departamentalização, as
atividades de controle devem estar separadas das que serão
objeto de controle.
Paulo, novo diretor de uma organização pública, pretende
desenvolver um sistema de controle capaz de apontar erros
cometidos durante a execução dos serviços. Para a consecução de
seu objetivo, definiu novas formas de controle com base em
informações que coletou pessoalmente, ao interagir com
colaboradores de todos os setores da instituição, sem se restringir
aos métodos tradicionais de obtenção de dados.
Considerando essa situação hipotética, julgue os seguintes itens,
que dizem respeito ao processo organizacional.
71 Para atender às demandas mais instáveis e urgentes da
organização, Paulo deve utilizar a rede formal de comunicação.
72 O sistema que Paulo pretende desenvolver apresenta uma das
principais características de um sistema de controle efetivo: a
instantaneidade.
73 A concepção de uma nova política de controle constitui ação
de planejamento no nível operacional.
74 A definição de novas formas de controle resulta do processo de
planejamento.
75 Ao coletar as informações para definir as novas formas de
controle, Paulo privilegiou o fluxo comunicativo circular.
No que se refere à organização administrativa, julgue os itens que
se seguem, relativos a centralização, descentralização, concentração
e desconcentração.
76 Considere que um estado crie, por meio de lei, uma nova
entidade que receba a titularidade e o poder de execução de
ações de saneamento público. Nessa situação, configura-se a
descentralização administrativa efetivada por meio de outorga.
77 A descentralização administrativa efetivada mediante
delegação decorre de ato unilateral do Estado e, normalmente,
tem prazo indeterminado.
78 Caso o presidente da República determine a centralização da
administração de determinado serviço público, esse serviço
deverá ser realizado e acompanhado por órgão da
administração direta.
79 Considere que o órgão responsável pela infraestrutura de
transporte de determinada região repassou para outra pessoa
jurídica a atribuição de executar obras nas estradas sob sua
jurisdição. Nessa situação, caracteriza-se a ocorrência de
desconcentração.
Julgue os próximos itens, a respeito da organização administrativa
da União, considerando a administração direta e indireta.
80 O Banco Central do Brasil (BACEN) tem autonomia política
para criar suas próprias normas.
81 Uma sociedade de economia mista deve ter a forma de
sociedade anônima e mais da metade do seu capital deve ser
estatal.
82 O Serviço Nacional do Comércio (SENAC), como serviço
social autônomo sem fins lucrativos, é exemplo de empresa
pública que desempenha atividade de caráter econômico ou de
prestação de serviços públicos.
83 O Ministério Público da União (MPU), quanto à sua posição
estatal, está subordinado à Presidência da República.
84 O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por ser uma
autarquia, constitui instituição da administração pública
desconcentrada, descentralizada e indireta.
Julgue os itens subsequentes, acerca das agências executivas e
reguladoras.
85 Considere que os representantes legais de uma empresa
distribuidora de energia elétrica estejam inconformados com
decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL),
reguladora do setor elétrico. Nessa situação, não cabe recurso
hierárquico da decisão da ANEEL, salvo quanto ao controle de
legalidade.
86 É vedada à agência executiva a fixação, em contrato, dos
direitos e obrigações dos administradores.
87 Considere que Pedro, imediatamente após o término de seu
mandato como dirigente de agência reguladora, tenha sido
convidado a assumir cargo gerencial em empresa do setor
regulado pela agência onde cumprira o mandato. Nessa
situação, Pedro não poderá assumir imediatamente o novo
cargo, devendo cumprir quarentena.
88 A agência reguladora não se sujeita a qualquer forma de tutela
dos ministérios, ao contrário do que ocorre com a agência
executiva.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 6 –
Julgue os seguintes itens, referentes a noções de administração
financeira e orçamentária.
89 A autorização de crédito extraordinário para a reconstrução de
cidades atingidas por enchentes depende da existência de
recursos específicos destinados a tal fim.
90 A lei orçamentária pode ser legalmente alterada, no decorrer de
sua execução, mediante a inclusão de créditos adicionais,
sendo denominado crédito especial o crédito adicional
autorizado para atender despesas novas para as quais não haja
dotação orçamentária específica.
Com base na Lei de Responsabilidade Fiscal, julgue os
seguintes itens.
91 O relatório resumido da execução orçamentária é necessário
para todos os órgãos da administração direta e indireta dos
poderes da República.
92 Cabe ao MPU acompanhar a legalidade das operações com
títulos públicos realizadas entre a União e o BACEN.
93 Os restos a pagar processados correspondem a despesas
orçamentárias do ano anterior pagas com atraso.
94 O Poder Executivo deve desdobrar as receitas previstas em
metas bimestrais de arrecadação, que servirão de parâmetro
para a limitação do empenho e da movimentação financeira.
Julgue os itens a seguir, referentes a gestão de pessoas nas
organizações.
95 Considere que Carlos, técnico administrativo do MPU, esteja
desenvolvendo um trabalho de descrição e análise dos cargos
que compõem a estrutura administrativa desse Ministério.
Nessa situação, Carlos está desenvolvendo ações de uma
política de recursos humanos do processo de agregar pessoas.
96 As primeiras ideias acerca da gestão de pessoas fomentaram a
divisão do trabalho nas organizações, visto que enfatizavam a
especialização dos funcionários em tarefas específicas.
97 Em virtude de sua relevância nas organizações, a gestão de
pessoas não deve ficar restrita aos profissionais dessa área,
sendo responsabilidade de todos os gerentes de linha aos quais
outras pessoas estejam subordinadas ou vinculadas.
Julgue os itens a seguir, relativos ao gerenciamento de conflitos nas
organizações.
98 Em situações vitais para o bem-estar da organização, a
competição é a estratégia mais adequada para o gerenciamento
de conflito no caso de uma das partes saber que está com
razão.
99 Denomina-se abordagem processual a estratégia de resolução
de conflito embasada na modificação das condições
antecedentes desse conflito.
100 Nas organizações, cabe à área de recursos humanos garantir o
equilíbrio nas relações entre os funcionários e a organização,
e sua ação envolve o gerenciamento de potenciais conflitos, do
que é exemplo a percepção negativa de funcionários que não
são recompensados de forma compatível com o seu trabalho na
organização.
101 Aquele que utiliza a estratégia da acomodação para gerenciar
conflitos satisfaz os interesses do outro em detrimento dos
próprios interesses.
102 A estratégia de evitar o conflito é a melhor maneira de garantir
o “ganha-ganha” quando uma das partes não quer negociar.
O novo diretor de determinado órgão público, objetivando
apagar da memória dos servidores a máxima “manda quem quer,
obedece quem tem juízo”, instituída na cultura da organização pelo
antigo diretor, que permanecera no cargo durante trinta anos,
anunciou a realização de certame para a escolha de uma canção
comemorativa dos quarenta anos de existência do órgão, por meio
da qual seriam enaltecidos valores e princípios positivos que
norteiam o órgão. O anúncio foi feito durante a tradicional reunião
de prestação de contas mensal, em que são comunicadas notícias
internas, como promoções, exonerações e apresentação de novos
colaboradores.
Considerando essa situação hipotética, julgue os próximos itens, a
respeito de clima e cultura organizacional.
103 A referida reunião mensal corresponde a um rito da cultura
organizacional.
104 Infere-se da situação apresentada que o objetivo do novo
diretor do órgão está voltado para a mudança da cultura
organizacional, que, envolvendo aspectos mais superficiais,
reflete o clima organizacional, relacionado a aspectos mais
enraizados na organização.
105 A canção escolhida para representar o órgão constitui um valor
da cultura organizacional.
106 O antigo diretor do órgão é exemplo de herói na cultura
organizacional desse órgão.
107 A máxima instituída na organização pelo antigo diretor não
constitui símbolo da cultura organizacional.
Julgue os itens que se seguem, com relação a recrutamento, seleção
e gestão por competências.
108 A técnica de entrevista diretiva, utilizada para a seleção de
recursos humanos, caracteriza-se pela realização de uma série
de perguntas padronizadas.
109 Para a realização de um processo eficaz de recrutamento e
seleção, deve-se proceder, primeiramente, à descrição e análise
do cargo ofertado.
110 Constituem atividades típicas de seleção de recursos humanos:
localização, atração e identificação de potenciais candidatos
para a organização.
111 Em regra, o processo de recrutamento interno é mais rápido e
econômico que o externo.
Julgue os itens seguintes, relativos a avaliação de desempenho.
112 A opção pelo método de escolha forçada para a avaliação do
desempenho profissional em uma organização possibilita alta
probabilidade de ocorrência do efeito Halo.
113 A avaliação de desempenho bem estruturada deve ter como
objetivo a apreciação sistemática do desempenho dos
colaboradores no exercício do cargo bem como a do seu
potencial de desenvolvimento.
114 A técnica de incidentes críticos constitui método de avaliação
pautado nos fatos excepcionalmente negativos e
excepcionalmente positivos relacionados ao desempenho do
avaliado.
115 Considere que, em determinada organização, o coordenador de
uma equipe de trabalho utilize a técnica de frases descritivas
para avaliar o desempenho dos membros dessa equipe. Nessa
situação, o referido coordenador está livre para escolher e
avaliar, entre as frases disponibilizadas, as que sejam mais
representativas do comportamento dos avaliados.
116 A ocorrência de prejulgamento e subjetividade constitui uma
das desvantagens da adoção do método da escala gráfica para
a avaliação de desempenho dos profissionais em uma
organização.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 7 –
Julgue os itens seguintes, referentes a desenvolvimento e
treinamento de pessoal.
117 Na avaliação de um programa de treinamento no nível
organizacional, deve-se verificar a elevação dos conhecimentos
dos servidores.
118 Na etapa de levantamento de necessidades de treinamento,
identificam-se as necessidades de capacitação a serem
satisfeitas — passadas, presentes ou futuras.
119 A técnica de instrução programada é a mais adequada à
capacitação profissional com ênfase no relacionamento
instrutor-instruendo, ou professor-aluno.
120 Durante a execução de programas de treinamento, deve-se
considerar que a aprendizagem requer retroação e reforço,
sendo maior o impacto do treinamento quando o instruendo
recebe reforço e retroação positiva a cada nova aprendizagem.
Julgue os itens a seguir, relativos a administração de recursos
materiais.
121 Considere que o responsável pelo setor de estoque de certa
organização pretenda adotar um método de inventário físico
que permita que os artigos de alta rotatividade sejam contados
com mais frequência que os de baixa rotatividade. Nessa
situação, o responsável pelo referido setor deve adotar o
método de inventário periódico.
122 A manutenção preventiva é realizada mediante o
acompanhamento direto e constante dos componentes ou
equipamentos e com base em análises feitas com sensores ou
parâmetros específicos, prescindindo das indicações do
fabricante.
123 Considere que, em certa organização, serão estocadas, por
um ano, 60.000 unidades de determinado item. Considere,
ainda, que o preço de cada item seja igual a R$ 3,00 e que a
taxa anual de armazenagem de cada item seja equivalente a
15% do seu preço. Nessa situação, o custo de armazenagem
anual de todos esses itens será igual a R$ 30.000,00.
124 De acordo com a classificação ABC, utilizada como método de
administração de estoques, incluem-se na categoria C os itens
presentes em menor quantidade no estoque.
125 No Brasil, a utilização do método UEPS nas organizações é
proibida tendo em vista aspectos de contabilidade de custos
presentes na legislação tributária brasileira.
126 No que se refere à armazenagem de recursos materiais, o uso
de prateleiras é adequado à estocagem de materiais de
dimensões variadas.
Julgue os itens a seguir, a respeito da função de administrador
patrimonial de recursos materiais.
127 O número de patrimônio de um bem baixado deve ser
repassado a versões atualizadas que venham a substituí-lo na
organização.
128 Considere que, em uma organização pública, determinado lote
de bens tenha sido adquirido por baixo custo unitário. Nessa
situação, admite-se que esse bem não seja incorporado ao
patrimônio da organização, podendo o seu controle ser feito
em separado.
129 Caso seja necessário fazer anotações relativas à depreciação
dos bens patrimoniais de determinado órgão para atender aos
ditames da Receita Federal do Brasil, deve-se adotar a
metodologia de depreciação técnica, que é voltada para a perda
do valor decorrente da obsolescência tecnológica.
130 Considere que, em 2009, por meio de licitação promovida por
determinado órgão público, tenha sido adquirido um notebook
por R$ 2.500,00 e que, recentemente, em uma nova cotação, o
preço atual desse notebook seja de R$ 2.100,00. Em face dessa
situação, é correto afirmar que o custo imobilizado do
notebook é igual a R$ 2.300,00, valor médio entre o preço
atual e o preço de aquisição.
131 No processo de depreciação total, quando o bem ainda existe
fisicamente, mas alcança 100% de depreciação, ele deve ser
automaticamente baixado contabilmente, a despeito de sua
utilidade.
132 Nas organizações públicas, todo bem listado como material
permanente, independentemente de suas características físicas,
deve ser identificado com plaqueta específica para isso.
RASCUNHO
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 8 –
Acerca de conceitos fundamentais de arquivologia, julgue os itens
a seguir.
133 Um arquivo documental tem por objetivo servir como prova ou
testemunho da ação de pessoas jurídicas ou físicas.
134 Em regra, a inclusão de documentos em um arquivo ocorre por
compra ou permuta de fontes múltiplas.
A respeito da gestão de documentos, julgue os itens seguintes.
135 Na fase de produção de documentos, o arquivista deve evitar
a duplicação e a emissão de vias desnecessárias, além de poder
sugerir a criação ou extinção de modelos e formulários.
136 Considera-se gestão de documentos o conjunto de
procedimentos e operações técnicas referentes a produção,
tramitação, uso, avaliação e arquivamento de documentos.
137 A produção, uma das fases básicas da gestão de documentos,
engloba as seguintes atividades de protocolo: recebimento,
classificação, registro, distribuição e tramitação dos
documentos.
138 A análise e a avaliação dos documentos para o estabelecimento
dos prazos de guarda fazem parte da fase de destinação.
No que diz respeito aos arquivos do tipo corrente, intermediário e
permanente, julgue os itens de 139 a 143.
139 Dada a importância da preservação dos documentos que
compõem o arquivo corrente de determinado setor de trabalho,
recomenda-se o arquivamento desses documentos em local
afastado do referido setor.
140 A ênfase ao valor primário é característica marcante dos
documentos de um arquivo corrente, condição não verificada
nas outras idades documentais.
141 A função do arquivo intermediário é possibilitar o
armazenamento de documentos que, embora usados com pouca
frequência, devem ser mantidos, por questões legais, fiscais,
técnicas ou administrativas.
142 O arquivo permanente é uma extensão do arquivo
intermediário, tendo este último a única função de evitar a
transferência prematura de documentos do arquivo corrente
para o arquivo permanente.
143 A descrição, uma das atividades desenvolvidas no arquivo
permanente, é concretizada com a elaboração de instrumentos
de pesquisa.
Acerca da avaliação de documentos, julgue os itens subsequentes.
144 O processo de avaliação de um documento tem como resultado
a elaboração da tabela de temporalidade do documento.
145 Os prazos de guarda dos documentos nos arquivos do tipo
corrente e intermediário devem ser definidos com base na
legislação pertinente e nas necessidades administrativas.
146 A destinação final dos documentos deve ser a eliminação, a
guarda temporária no arquivo intermediário, a guarda
permanente ou a eliminação por amostragem.
Quanto às tipologias documentais e aos suportes físicos, julgue os
próximos itens.
147 O problema relacionado à obsolescência dos equipamentos e
dos programas de informática, que compromete a preservação
de documentos digitais, pode ser resolvido com o uso de
laminação.
148 Os documentos do gênero iconográfico têm suporte sintético,
em papel emulsionado ou não, e contêm imagens estáticas, tais
como ampliações fotográficas, slides, diapositivos e gravuras.
149 Os documentos originais considerados de guarda permanente
somente poderão ser eliminados depois de microfilmados e
digitalizados.
150 O alisamento é uma das operações de restauração de
documentos mais utilizadas em países tropicais.
UnB/CESPE – MPU
Cargo 46: Técnico Administrativo – 9 –
PROVA DISCURSIVA
• Nesta prova, faça o que se pede, usando o espaço para rascunho indicado no presente caderno. Em seguida, transcreva o texto para
a FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DISCURSIVA, no local apropriado, pois não serão avaliados fragmentos de
texto escritos em locais indevidos. Será desconsiderado, também, qualquer fragmento de texto que ultrapassar a extensão máxima
de linhas disponibilizadas.
• Na FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DISCURSIVA, único documento que servirá de base para a avaliação da Prova
Discursiva, escreva com letra legível e respeite rigorosamente as margens. No caso de erro, risque, com um traço simples, a palavra,
a frase, o trecho ou o sinal gráfico e escreva em seguida o respectivo substituto. Atenção: parênteses não podem ser usados para tal
finalidade.
Os atrasos na criação e na aprovação de projetos de infraestrutura e a falta de planejamento para a
Copa do Mundo de 2014 estão preocupando os membros do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura
e Engenharia Consultiva. Segundo um dos representantes regionais dessa organização, esses atrasos podem
gerar prejuízos de tempo e de dinheiro, visto que as obras e os serviços tenderão a ficar mais caros.
Internet: (com adaptações).
Considerando que o fragmento de texto acima tem caráter unicamente motivador, redija um texto dissertativo acerca do seguinte tema.
A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO (ESTRATÉGICO, TÁTICO E OPERACIONAL) PARA
O SUCESSO DA REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO DE 2014 NO BRASIL